Conteúdo

NBA abre investigação contra os Knicks por suposto aliciamento na contratação de Jalen Brunson

1 de agosto de 2022

(por Matheus Correia)

A NBA abriu uma investigação que irá analisar um suposto aliciamento do New York Knicks na contratação do guard Jalen Brunson. A informação é do jornalista Chris Haynes, do The Athletic. 

Brunson foi adquirido pela franquia de Nova Iorque nos primeiros minutos após a abertura da free-agency, em um contrato de US$104 milhões por quatro temporadas. O ala-armador era um agente livre irrestrito, após seu contrato com o Dallas Mavericks terminar.

No entanto, os Mavs tinham interesse em renovar com Jalen, e planejavam fazer uma proposta - mas não tiveram a oportunidade. Supostamente, o acordo entre o atleta e o Knicks teria sido feito antes mesmo que as conversas entre jogador e equipe fossem autorizadas.

Uma possível prova disso seria o fato de que detalhes do contrato de Brunson com NY teria vazado na imprensa antes da abertura da free-agency. 

A NBA instituiu penalidades mais rigorosas contra casos de aliciamento em 2019, incluindo o aumento da multa máxima para as equipes para US$ 10 milhões e a possibilidade de suspender os executivos das equipes e perder escolhas de draft. A possibilidade de os contratos do atleta com a equipe serem anulados é vista como uma ameaça praticamente inexistente.