Conteúdo

Michel Pereira acusa Jorge Masvidal de mandar mensagens a sua esposa; ‘Gamebread’ responde

23 de maio de 2022

(por Rafael Lima)

Michel Pereira está em uma sequência de cinco vitórias consecutivas. Ele vem de uma grande vitória por decisão dividida sobre Santiago Ponzinibbio, que o alçará para o Top 15 do ranking dos meio-médios do UFC.

Após a maior vitória de sua carreira profissional no MMA até agora, há algumas opções para Michel Pereira. Porém, quando perguntado com quem ele gostaria de lutar durante a coletiva de imprensa pós-luta do UFC Vegas 55, Pereira mencionou Jorge Masvidal, inclusive acusando o  "Gamebred" de mandar mensagens a sua esposa.

“Eu realmente quero lutar com Nate Diaz, porque acho que seria muito divertido bater um no outro. Acho que seria uma luta muito divertida. Acho que vamos fazer um show para todos os fãs. Ou Jorge Masvidal, porque tenho um pequeno problema com ele e quero resolver.” Disse Michel Pereira.

“Ele enviou um emoji para minha esposa, o emoji com as duas mãos juntas como ‘amém’. Ele não me enviou. Eu nunca realmente cruzei com ele. Eu não tive a chance de perguntar a ele, então achei que realmente queria entender. Mas eu poderia muito bem entender dentro do octógono, resolver isso lá.” Completou o brasileiro.

Jorge Masvidal responde

O ex-desafiante ao título, Jorge Masvidal, foi veemente ao responder Michel. “Quão louco é um mundo e até onde a sociedade caiu para que esse idiota @UfcPereira usasse sua esposa para 1 dia receber um salário e criar uma narrativa falsa para tentar brigar comigo quando claramente ele vê que ela deslizou na minha dm? Desejando a vocês o melhor #conselheiro de casamento”, divulgou Masvidal.

Seja qual for o caso, isso definitivamente parece uma tentativa de Pereira de garantir um grande confronto com Masvidal. Claro, as táticas que ele está usando não são exatamente as melhores, mas o fato de ele estar se colocando lá pelo menos mostra o quanto ele quer subir a escada da categoria.

Para 'Gamebred', ele teria que ver isso como uma luta vencível que ele precisaria levar a sério se decidir voltar para ao cage ainda este ano. Ele foi  derrotado recentemente pelas mãos de Kamaru Usman e Colby Covington e, independentemente dos problemas legais que possa estar enfrentando, ele está ansioso para provar ao mundo do MMA que ainda tem o que é preciso para causar alguns problemas sérios para os meio-médios em toda a divisão.