Conteúdo

Mendy espetacular! Goleiro dá show, Chelsea passa sufoco, mas derrota o Brentford para reassumir a liderança da Premier League 

16 de outubro de 2021

(por Rafael Lima)
 

O Chelsea foi até o Brentford Community Stadium para enfrentar uma das surpresas desta edição da Premier League. A equipe da casa saiu da segunda divisão na temporada passada e vem mostrando sua força, jogando um futebol ofensivo e destemido. 

A tendência era de um duelo cadenciado por parte do Chelsea, tentando quebrar o ímpeto dos anfitriões, diminuindo a velocidade para construir o gol com calma. 

O jogo começou muito equilibrado, com ambos os times no mesmo esquema, não conseguindo quebrar o sistema defensivo do oponente. Os primeiros 10 minutos foram ainda de estudo.

O Chelsea vinha tentando pressionar, mas era difícil furar a defesa dos anfitriões. Se isso não bastasse, o Brentford ainda assustava. Aos 20’, após cobrança de escanteio e confusão na área, a bola sobrou para Mbuemo que chutou na trave. Na sequência do lance, os Blues contra-atacaram rapidamente e Lukaku chegou a fazer o gol, mas estava em impedimento. Em um minuto aconteceu mais coisas que nos 20 anteriores. 

Apesar da posse de bola maior do Chelsea, o Brentford era mais incisivo e tentava mais uma vez com Mbuemo anotar o primeiro, parando em Mendy.

No contra-ataque, os Blues tiveram sua melhor oportunidade na partida até então. Chalobah lançou, Lukaku desviou de cabeça e a bola sobrou para Werner, que bateu por cima. Que chance!

O gol demorou a sair, mas, aos 45’ do primeiro tempo, a defesa do Brentford não conseguiu segurar. Azpilicueta cruzou na área buscando Lukaku, a zaga cortou, mas ela caiu limpa nos pés de Chilwell, que bateu firme, sem chances para o goleiro. Um belo gol. 1 a 0 para o Chelsea. E mais nada de importante aconteceu na etapa inicial.

O segundo tempo começou bastante truncado. O Brentford adiantou as linhas e tentou exercer alguma pressão, porém, o Chelsea é um time que consegue se defender bem, frustrando os ataques do time da casa. O contra-ataque dos Blues estava planejado, mas em prática, não tinha espaço. E assim se foram os os primeiros 15 minutos.

Aos 24 minutos, na melhor investida do Chelsea na segunda etapa até então, Lukaku perdeu um gol inacreditável. Depois de boa trama ofensiva, Werner finalizou na zaga e ela sobrou limpa, quase na pequena área para O atacante belga, que isolou. Para a sorte de Lukaku, no replay deu para ver que ele estava impedido. 

Na sequência foi a vez do Brentford criar sua grande oportunidade. Lateral cobrado na área, Pinnock desviou de cabeça e Toney bateu para excelente defesa de Mendy. O jogo melhorava.

Dois minutos depois, uma linda tabela pela direita deixou Mbuemo na cara do gol, ele tirou de Mendy, mas, para variar, a bola bateu na trave (sexto chute no poste do francês nesta edição da Premier League). O gol dos anfitriões estava amadurecendo. 

O Brentford seguia em cima, lutava muito pelo empate. Após cruzamento da esquerda Ghoddos apareceu pleno pela direita para grande defesa de Mendy à queima roupa, no rebote Jansson bateu mascado e Chalobah salvou em cima da linha. Que sufoco!

A bola não saía da área dos visitantes. Henry cruzou da esquerda e a bola sobrou para Jansson na cara de Mendy. Ele soltou uma bomba e o senegalês fez outro milagre. 

Nos acréscimos um lance antológico. O Brentford seguia cruzando a bola na área. Numa dessas pela esquerda, Norgaard dominou e emendou uma bicicleta cinematográfica e Mendy fez mais uma defesa sobrenatural à queima roupa. Que atuação do goleiro do Chelsea!

O Brentford ainda tentou empurrar os Blues, mas nada mais aconteceu. Vitória na base da raça e no talento de Mendy, que coloca o Chelsea na liderança da Premier League.
 

Final: Brentford 0x1 Chelsea 


 

O Chelsea jogou burocraticamente, mas conseguiu achar seu gol e contar com uma partida iluminada de seu goleiro, que fez intervenções brilhantes para manter o zero no placar e garantir a suada e importante vitória dos Blues.

A importância do triunfo se dá também ao ótimo time do Brentford, que mesmo vindo da segunda divisão, consegue jogar de igual contra as principais potências do país e deve tirar pontos das equipes que lutam pela liderança.