Conteúdo

Medvedev não permite recorde de Djokovic e conquista o US Open de forma incontestável

12 de setembro de 2021

(por Rafael Lima)
 

O dia poderia ser histórico para Novak Djokovic, o sérvio, em caso de vitória, bateria o recorde de títulos de Grand Slam isolado com 21 conquistas. Além disso, seria o quarto Grand Slam vencido por ele na temporada, outro feito e tanto. Porém, faltou combinar com o número 2 do mundo, Daniil Medvedev. 

O russo jogou de forma consistente desde o início para fazer um triplo 6/4 e tirar a invencibilidade de 27 jogos de Djoko em grand slams.

Medvedev chegou à final muito mais descansado, já que perdeu apenas um set no torneio, jogando menos de cinco horas e meia em relação a Djokovic e o efeito disso pôde ser notado na partida. O russo sacou muito bem desde o início e confirmou seus serviços com muita tranquilidade, enquanto do outro lado Nole tinha dificuldades para confirmar seus serviços e, por ter perdido o game inicial, acabou cedendo o set.

Na segunda parcial Djokovic parecia que ia estabelecer seu ritmo, porém, mesmo com um 0-40 contra, Medvedev teve concentração e habilidade para não ter o saque quebrado, o que mentalmente foi uma vitória e tanta. Novak Djokovic teve mais uma chance depois, mas os winners e devoluções cirúrgicas do russo o salvaram novamente quando teve dois break points contra. Se não bastasse isso, logo na sequência, Medvedev quebrou o serviço do número 1 do mundo e seguiu para fechar o segundo set.

Perdendo por dois a zero e mais cansado, Djokovic já não ostentava mais seu equilíbrio mental, se aproveitando disso, Daniil Medvedev quebrou mais dois saques de Djoko, abriu 4 a 0, e somente administrou até o fim para celebrar a maior conquista de sua carreira. Que vitória!