Conteúdo

Mattia Binotto propõe regra para a F1: 'Se um piloto causa um acidente, a equipe dele deve cobrir os custos dos danos'

4 de agosto de 2021

(por Bruno Braz)
 

Pois é. Em tempos de restrição orçamentária, muitos times estão vendo o dinheiro ir para o ralo com despesas para reparo de seus carros que foram envolvidos em acidentes que não causaram.

Só no último GP, a Red Bull teve danos em seus dois carros, causados por Bottas. A Ferrari, com danos causados por Stroll. E a McLaren, com danos causados por Bottas, no caso de Norris, e Ricciardo, em problemas causados por Stroll.

Com essa situação em mente, Mattia Binotto pretende levar o assunto ao debate. Falando ao Motorsport.com, ele detalhou suas intenções.

"Esta discussão tem cabimento em breve, com a participação de chefes de equipe, da FIA e da Fórmula 1. Se você não é culpado, ter um rombo tão grande no orçamento é algo que traz consequências, ainda mais agora”, disse o chefe da Ferrari. "Talvez não seja simples de ser fiscalizado. Penso que deveríamos considerar isso. Se um piloto causa um acidente, a equipe dele deveria cobrir os custos dos danos e reparos da equipe prejudicada. Isso deixaria os pilotos mais cuidadosos.” Completou.

A ideia parece ser bem vista por outros chefes de equipes, como Christian Horner, que tem falado sobre isso durante os últimos dias. "Temos pago um alto preço por acidentes que não são causados por nós. A FIA deve olhar para isso com mais atenção, principalmente com o teto orçamentário. Isso é algo que pode afetar todos os times da F1.” Disse o chefe da Red Bull.