Conteúdo

Matchmaking da Playmaker: Possíveis casamentos de lutas após o UFC ON ABC 2 - Vettori vs Holland

13 de abril de 2021

(por Matheus Morais)
 

No último sábado (10/04), o UFC retornou à ABC, com um evento cujos resultados promovem implicações interessantes para algumas categorias de peso da organização.

Veja alguns possíveis confrontos que poderiam resultar das lutas que ocorreram no último evento do UFC:

Marvin Vettori vs Israel Adesanya ou Paulo Costa. Este é mais um daqueles prognósticos que a Playmaker Brasil depende do resultado de uma luta futura. Neste caso, o próximo adversário deve depender do resultado da luta principal do evento que ocorrerá neste sábado (17/04), entre Robert Whittaker (#1 da categoria) e Kelvin Gastelum (#8 da categoria). Se Whittaker vencer, seria difícil negar ao australiano uma revanche contra Israel Adesanya, atual campeão da categoria. Whittaker teria três vitórias seguidas, contra nomes relevantes da divisão de peso (Darren Till, Jared Cannonier e Kelvin Gastelum). Nessa situação, o adversário mais adequado para Marvin Vettori seria o brasileiro Paulo Costa (#2 da categoria). Se, por outro lado, Kelvin Gastelum vencer Robert Whittaker, o próximo title-shot deveria ser concedido a Vettori, pois Gastelum teria apenas duas vitórias seguidas (contra Ian Heinisch e Robert Whittaker), após perder três lutas seguidas. Caso, no entanto, Kelvin Gastelum vença de forma dominante e espetacular, seria difícil negar ao americano com descendência mexicana uma revanche contra Israel Adesanya – que venderia aos montes, pois a primeira luta foi incrível. Nesse último caso, Vettori deveria enfrentar, então, Paulo Costa.

Kevin Holland vs Julian Marquez. A luta deste sábado (17/04) contra Marvin Vettori deixou claro que o problema de Kevin Holland (#12 da categoria dos médios) está em seu Wrestling, não na categoria de peso. Embora Vettori seja um peso-médio grande, Holland teve falhas técnicas na luta agarrada que lhe custaram essa luta e o confronto com Derek Brunson. Assim, considerando que Holland não decida por descer de categoria, o lutador – além de aceitar o convite de Daniel Cormier e tomar algumas aulas de Wrestling na American Kickboxing Academy, em San Jose, California – deveria enfrentar um striker em sua próxima luta. Dos trocadores da categoria sem luta marcada, o melhor nome seria Julian Marquez, que no mesmo evento teve uma performance sensacional contra Sam Alvey. Uma luta contra a “Crise dos Mísseis de Cuba” seria uma ótima oportunidade de Holland finalmente enfrentar um striker e ter tempo de trabalhar o seu Wrestling, antes de ser jogado “aos leões” novamente.

Arnold Allen vs Josh Emmett. O maior vencedor do UFC ON ABC 2 provavelmente foi Arnold Allen (#8 da categoria peso-pena). A vitória sobre Sodiq Yusuff credencia o britânico a enfrentar um lutador do top-10 da categoria. Um ótimo confronto para dar as boas-vindas à elite da divisão seria contra Josh Emmett (#7 da categoria), que vem de três vitórias seguidas (contra Michael Johnson, Mirsad Bektic e Shane Burgos). O confronto prometeria ser intenso, pela técnica que Allen mostrou em suas últimas  lutas e o fato de Emmett ter uma das mãos mais pesadas da categoria.

Sodiq Yusuff vs Bryce Mitchell. Ao perder para Arnold Allen, Sodiq Yusuff (#12 da categoria peso-pena) cai alguma posições do ranking e deve enfrentar algum lutador abaixo de sua posição na próxima luta. Um possível confronto seria contra o grappler Bryce Mitchell (#13 da categoria), invicto no MMA e com cinco vitórias no UFC. Yusuff seria o primeiro confronto de Mitchell contra um oponente do atual top-15 da categoria e uma boa luta para Yusuff ter a oportunidade de se recuperar. O duelo em si seria muito interessante, sendo um confronto de um striker (Yusuff) contra um grappler, ambos de primeira linha em suas áreas da luta.

Mackenzie Dern vs Marina Rodriguez. Mackenzie Dern (#5 da categoria peso-palha) “roubou a cena” novamente no UFC. A lutadora finalizou Nina Nunes no primeiro round com a sua marca, uma chave de braço da montada. Dern parece aos poucos se encaminhar para uma luta que poderia lhe credenciar uma disputa de cinturão. Nesse sentido, um confronto contra a brasileira Marina Rodriguez (#6 da categoria) teria esse potencial. A brasileira venceu por nocaute a brasileira Amanda Ribas – que venceu Dern em sua terceira luta no UFC – em sua última luta, de forma espetacular. O confronto teria o potencial de, ao menos lançar uma das principais candidatas a disputar o título após Rose Namajunas – ao lado vencedora de Yan Xiaonan vs Carla Esparza e da polonesa Joanna Jedrzejczyk. A luta seria um típico confronto de uma striker (Marina) contra uma especialista no grappling, assim como os fãs gostam.