Conteúdo

Massacre! 76ers passeiam diante dos Raptors e abrem 2 a 0 na série

18 de abril de 2022

(por Rafael Lima)


O Philadelphia 76ers voltou ao Wells Fargo Center para mostrar que a superioridade do primeiro jogo não foi por acaso. A equipe possui um elenco melhor, mas precisaria lidar com os ajustes de Nick Nurse. Porém, liderados por Embiid, os Sixers mostram que estão em outro patamar, deixando o duelo até “sem graça”.

O jogo 

O Toronto Raptors começou irresistível, sob a batuta de Fred VanVleet os visitantes, com muita velocidade, abriram incríveis 11 a 2. Porém, após ajustes defensivos e grande presença de Joel Embiid, os Sixers fizeram uma “run” de 16 a 2, virando o jogo de forma espetacular. A partir daí o equilíbrio tomou conta.Siakam evoluiu e trouxe seu time de volta, porém, a equipe não tinha o antídoto para Embiid. Desta forma os times foram trocando cestas até o fim do primeiro período. 

No segundo quarto, mesmo sem Embiid, descansando, o Philadelphia 76ers passou a controlar a partida, no embalo de Tyrese Maxey, abriu pela primeira vez dígitos duplos de pontuação, quando faltavam 7 minutos. Desde então, Philly seguiu controlando a partida, Harden e Embiid eram soberanos, enquanto Toronto tinha dificuldades na marcação e também em pontuar, se tornando presa fácil para o time da casa. Nesta toada, as equipes foram para o intervalo com uma boa vantagem dos Sixers (67-52). 

Na volta dos vestiários o domínio do Philadelphia 76ers foi ainda mais acachapante, o quinteto titular da equipe da casa não permitia Toronto encaixar a defesa, variando muito os ataques e os definidores dos lances, Embiid, Maxey, Harden e Harris eram os destaques. Assim, Philly abriu mais de 20 pontos de frente, liquidando a partida bem cedo. No final do terceiro período, a diferença já estava em 24 pontos (95-71) neste verdadeiro massacre. 

No quarto período, não tivemos disputa. O duelo estava definido e, com times mistos, as equipes trocaram cestas durante toda a parcial, sem muita emoção até o fim.


Final: Toronto Raptors 97-112 Philadelphia 76ers




Os destaques do duelo foram Joel Embiid (31pts e 11reb), Tyrese Maxey (23pts, 9reb e 8ast) e Tobias Harris (20pts e 10reb) pelo time vencedor. Por Toronto, OG Anunoby (26pts, Fred VanVleet (20pts e 7ast) e Pascal Siakam (20pts e 10reb).

Philadelphia demonstrou novamente uma superioridade espantosa em todas as vertentes do jogo. O time conseguiu potencializar o poder de Embiid, que era praticamente imarcável e o entorno dele, liderado por Maxey. Parece que Nick Nurse não tem o antídoto para o garrafão e com isso sofre muito tanto na defesa, quanto no ataque, e nada leva a crer que essa série possa ter uma mudança drástica.