Conteúdo

Manu Ginobili e Tim Hardaway recebem indicação ao Hall da Fama de 2022

31 de março de 2022

(Por Diego Dias)

O ex-ala-armador do San Antonio Spurs Emmanuel "Manu" Ginobili e o ex-armador de Golden State Warriors e Miami Heat Tim Hardaway estão entre os nomes indicados à classe de 2022 do Hall da Fama do basquete segundo Shams Charania (The Athletic). Os dois jogadores haviam sido finalistas à indicação em anúncio realizado durante a última edição do Jogo das Estrelas.

Além da dupla na categoria jogadores, o ex-técnico de Seattle Supersonics, Milwaukee Bucks e Denver Nuggets George Karl e o longevo treinador da universidade de West Virginia Bob Huggins foram indicados na categoria de técnico enquanto Swin Cash, lenda da WNBA e medalhista olímpica representará o basquete feminino.

Ginobili, que tem grandes possibilidades de receber a indução já nesta votação, disputou as 16 temporadas na carreira pelos Spurs e foi 4 vezes campeão, 2 vezes All-Star e 2 vezes parte do Time Ideal da temporada, além de ter sido Sexto Homem em 2008. Pela seleção argentina, foi medalhista de ouro nos Jogos Olímpicos de Atenas 2004 e bronze em Pequim 2008 e vice-campeão Mundial em 2002.

Hardaway disputou 13 temporadas na NBA e esteve em mais de 800 partidas em quadra, fazendo parte do trio "Run TMC" com Mitch Richmond e Chris Webber nos Warriors. Pelo Heat, foi semifinalista de conferência em 1997 e 2000.

Karl levou os Sonics às finais da NBA em 1996 comandando nomes como Gary Payton, Shawn Kemp e Hersey Hawkins. Técnico do Ano em 2013, ele é o sexto maior vencedor da história com 1.175 triunfos.

O anúncio oficial da classe de 2022 acontece neste sábado (02).