Conteúdo

Makhachev finaliza Thiago Moisés e mostra que veio para recuperar o cinturão para a Rússia, Miesha Tate retorna em alto nível e mais; Confira tudo sobre o evento do UFC deste sábado

18 de julho de 2021

(por Rafael Lima)
 

O UFC voltou à Las Vegas com um brasileiro na luta principal enfrentando um parceiro de treinos do ex-campeão Khabib Nurmagomedov, recém-aposentado, abrindo caminho para seu companheiro, que demonstrou mais uma vez ser um dos grandes pesos-leves da atualidade. Além da luta principal, o Ultimate presenteou o público com o retorno espetacular da ex-campeã Miesha Tate e combates empolgantes de alto nível técnico. Confira tudo o que aconteceu.
 

Card Principal
 

Quer levar o cinturão de volta para Rússia! Islam Makhachev vence Thiago Moisés por finalização no quarto round

Na luta principal da noite, Islam Makhachev, pupilo de Khabib Nurmagomedov, foi ao octógono para mostrar que é realmente um dos principais pesos leves do mundo. Mas, do outro lado, o brasileiro Thiago Moisés tinha o maior desafio da carreira, atuando em sua primeira luta principal no UFC, com muita vontade de mostrar a todos que pode vencer os melhores da categoria.

O combate começou bem estudado, Islam Makhachev tomava conta do centro do cage, mas Thiago Moisés também conectava golpes no adversário, num embate bem equilibrado. Makhachev, no seu característico jogo de grade, conseguiu um bom clinche de Muay Thai e bateu até abrir espaço para a queda. O russo caiu por cima e dominou até o fim da primeira parcial.

Thiago Moisés voltou um pouco mais agressivo, conseguiu uma boa sequência, mas o domínio do centro do octógono era de Makhachev, que seguia com a atitude ofensiva na luta. O brasileiro teve a vantagem de colocar o embate para baixo, mas logo o russo reverteu a posição e passou a dominar as costas e bater. Makhachev chegou a aplicar a montada na reta final e, quando escorregou para o braço, o tempo acabou.

O terceiro round foi de muito estudo, mas após os primeiros dois minutos, Makhachev acertou uma sequência que obrigou Thiago a buscar o clinche. Apesar disso, o russo era melhor e castigava o brasileiro na luta agarrada. Na reta final, Thiago teve a chance de finalizar na chave de calcanhar, mas o tempo acabou. Mais um assalto com vantagem para Makhachev.

Thiago Moisés tentou atacar mais no início do quarto round, mas logo Islam Makhachev se aproximou e rapidamente conseguiu uma belíssima queda, indo para a posição dominante no chão. O russo escorregou para as costas e encaixou um mata-leão limpo, finalizando o brasileiro.
 

Voltou com tudo! Miesha Tate vence Marion Reneau por nocaute técnico no terceiro round

Chegou a hora do retorno de Miesha Tate. Cinco anos depois, a ex-campeã peso-galo voltou ao cage para enfrentar a experiente Marion Reneau, que faria seu último combate na carreira, num duelo de difícil prognóstico pela falta de ritmo de luta da 'Cupcake’.

Primeiro round de muito estudo, Miesha Tate tinha uma distância melhor e um domínio do centro do octógono. Ambas lançavam muitos golpes no vazio e os que acertavam eram pouco efetivos. Para garantir ainda mais a vantagem, Miesha levou a luta para baixo na reta final do assalto inicial e ficou por cima até o fim da etapa.

No segundo assalto Marion Reneau levou mais vantagem na luta em pé, acertando alguns bons golpes para pontuar. Percebendo isso, Miesha Tate buscou a luta agarrada e conseguiu uma bela queda. A ex-campeã passou a bater bem por cima com cotoveladas e socos que abriram um sangramento em Reneau. Tate controlou bem e dominou mais uma parcial.

Miesha Tate voltou bem na trocação e acertou belos golpes, que magoaram Marion Reneau. Apesar do bom momento em pé, Miesha colocou o combate para baixo e passou a bater sem parar por cima até o juiz decidir encerrar o embate. Belo retorno!

No final, Reneau confirmou sua aposentadoria, lançando suas luvas no octógono.
 

Levou o braço para casa! Mateusz Gamrot vence Jeremy Stephens por finalização no primeiro round

O experiente Jeremy Stephens, que tem muito poder de nocaute, voltou ao octógono mais famoso do mundo para tentar se recuperar de uma fase ruim, porém, do outro lado, tinha um polonês casca-grossa, que tem apenas uma derrota na carreira em 20 confrontos disputados. 

Logo no início, Gamrot acertou uma bomba de esquerda e, na sequência, levou Stephens ao chão. O polonês bateu por cima e, rapidamente, encaixou uma kimura que forçou o veterano a bater. Olho vivo neste polonês bem completo!


 

Jiu Jitsu na veia! Rodolfo Vieira vence Dustin Stoltzfus por finalização no terceiro quarto

Depois de sofrer uma surpreendente finalização, o multicampeão de jiu jitsu, Rodolfo Vieira, voltou ao octógono para retomar o caminho das vitórias. O combate começou estudado com o brasileiro atingindo bastante o adversário e abrindo um sangramento no nariz de Dustin Stoltzfus. Da metade do primeiro assalto para a frente o americano passou a acreditar mais na trocação, encontrou a distância e acertou mais o brasileiro. Nos segundos finais, Stoltzfus acertou uma bela joelhada voadora e por pouco não complicou a vida do brasileiro. Bom primeiro round!

O segundo assalto começou com Rodolfo Vieira colocando o duelo para baixo, mas Dustin Stoltzfus rapidamente voltou a ficar de pé. O americano tentava caçar o brasileiro, porém, os jabs de Rodolfo eram bem efetivos e entravam em cheio. No final da etapa, Stoltzfus acertou um bom cruzado e ganhou confiança.

Novamente Rodolfo colocou o duelo para baixo, mas Stoltzfus voltou de pé. Só que o brasileiro conseguiu na marra se lançar nas costas do adversário, laçar o pescoço, encaixar o mata-leão e cair com o adversário batendo numa linda finalização de Rodolfo Vieira.
 

Que massacre! Billy Quarantillo vence Gabriel Benitez por nocaute técnico no terceiro round

Combate entre dois pesos-penas que vislumbram uma luta futura contra um adversário ranqueado. Billy Quarantillo começou muito ativo desde o início, com golpes retos demonstrou muita eficiência na luta em pé. Gabriel Benitez respondeu com um gancho, mas logo Quarantillo acertou um direto que levou o mexicano à lona. O americano deu um bate-estaca e seguiu batendo por cima, quando Benitez deu brecha Quarantillo foi para as costas e ficou batendo demais no adversário que já tinha um grande sangramento. Foi um verdadeiro massacre do americano. Apesar disso, Benitez conseguiu voltar em pé no final do primeiro assalto, mas Quarantillo era bem superior.

O segundo round começou com uma joelhada linda de Quarantillo no rosto de Benitez. O americano seguiu batendo e, no chão, voltou às costas do adversário, dominando completamente. O duelo voltou de pé, mas logo Quarantillo caiu por cima de novo, após a queda, e foi batendo demais por cima. Na reta final do assalto ambos foram para a trocação franca e Quarantillo acertou verdadeiras bombas em Benitez, que demonstrou um poder de absorção absurdo, resistindo como poucos.

No round final, surpreendentemente Gabriel Benitez acertou uma esquerda potente que resultou num knockdown, porém, o mexicano não conseguiu terminar o serviço e ambos voltaram de pé. Billy Quarantillo logo levou a luta para a sua zona de conforto, colocou para baixo, passou para as costas e voltou a bater sem dó. Que massacre! Como Benitez estava muito machucado, o árbitro resolveu terminar o combate para manter a integridade física do mexicano.
 

Card Preliminar
 

Boxe de primeira! Daniel Rodriguez vence Preston Parsons por nocaute técnico no primeiro round

O combate não demorou a esquentar e Daniel Rodriguez mostrava socos mais precisos e potentes, apresentando um boxe muito bem alinhado. Os golpes de Rodriguez começaram a abalar Preston Parsons, que acabou virando um “passageiro da agonia” até o árbitro encerrar.
 

Não deu para piscar! Amanda Lemos vence Montserrat Ruiz por nocaute no primeiro round

Amanda Lemos deu mais uma amostra da potência de seus golpes. Com um início arrasador, a brasileira foi com tudo para cima, suas mãos rápidas e pesadas encontraram o rosto de Montserrat Ruiz, que não aguentou a pressão e acabou nocauteada.


Mais completo! Sergey Morozov vence Khalid Taha por decisão unânime

Com os jogos de grade e quedas em dia, Sergey Morozov conseguiu levar sua luta para a zona de conforto. Porém, o cazaque também soube contra-atacar em pé, aguardar o momento do bote e garantir a vitória com tranquilidade.
 

Não deu para o Brasil! Malcolm Gordon vence Francisco Figueiredo por decisão unânime

O irmão do ex-campeão dos Moscas, Deiveson Figueiredo, começou bem na luta em pé, mas Francisco sucumbiu ao melhor preparo físico de Malcolm Gordon, que além de conectar alguns golpes, tomou conta do confronto no chão para vencer.
 

De virada! Rodrigo Zé Colmeia vence Alan Baudot por nocaute técnico no segundo round

O brasileiro Rodrigo Zé Colmeia sofreu no primeiro round, recebeu golpes duríssimos e por pouco não foi nocauteado. Porém, na raça, Zé Colmeia voltou com tudo no segundo assalto, a mão pesada entrou e ele conseguiu um belo nocaute técnico.