Conteúdo

Mais uma goleada! Bayern de Munique massacra o Benfica no Estádio da Luz e praticamente se garante nas oitavas

20 de outubro de 2021

(Por Daniel Morales)

Em partida contra o Benfica no estádio da Luz, em Lisboa, o Bayern de Munique goleou mais um adversário. No palco de sua sexta orelhuda, o time do técnico  Julian Nagelsman, que não esteve na beira do campo por ter se sentido mal na concentração, massacrou o Benfica e praticamente liquidou sua classificação para as oitavas de final da UEFA Champions League.  

A bola mal rolou e Lewandowski já teve sua primeira grande chance aos 2' da etapa inicial, depois de belo lançamento para a grande área, o atacante polonês finalizou, mas o goleiro do Benfica, Odisseas Vlachodimos, fez a defesa. Entretanto, o juiz assinalou impedimento na jogada.

Aos 5', Sané ficou na cara do gol, finalizou, e a redonda foi para fora.  Aos 8' Lewandowski quase mandou para a rede. Após cruzamento de Coman, o camisa 9 cabeceou, mas Vlachodimos fez outra grande intervenção. Como de costume, o Bayern de Munique iniciou o jogo a todo vapor, criando as principais oportunidades da partida e dando muito calor à defesa adversária.

O Benfica tentava responder e conseguiu segurar, mantendo a bola no seu campo ofensivo, sofrendo menos no jogo. Porém, o Bayern de Munique, no geral, tinha mais domínio da bola e controlava as ações da partida.

Aos 28 minutos do primeiro tempo, Coman fez linda jogada pelo lado direito e finalizou, com Vlachodimos defendendo novamente. Os donos da casa tiveram sua primeira grande chance de gol com o uruguaio Darwin Nuñez, que aproveitou o lançamento feito e ficou na cara de Manuel Neuer. Nuñez abriu espaço, finalizou, e o goleiro alemão fez uma linda defesa.

O Bayern deu a resposta com Sané, que chutou colocado e a bola raspou a trave e saiu. Jorge Jesus fez a primeira mudança no Benfica ao tirar o capitão André Almeida para a entrada de Diogo Gonçalves. O capitão benfiquista sentiu um problema físico e não teve como seguir no confronto.

Já perto do final da primeira etapa, Lewandowski balançou a rede após cruzamento de Coman, entretanto, o gol foi anulado, já que o polonês desviou a bola com o braço.

E foi assim que o primeiro tempo chegou ao fim: 0 a 0. O Bayern de Munique tinha o controle da bola e criava as principais oportunidades, mas esbarrava na bem postada defesa do Benfica, que através de bolas longas, tentava chegar ao ataque. 

Sem nenhuma alteração nos dois lados, a bola rolou no segundo tempo. Logo aos três minutos, Coman fez o cruzamento e Pavard finalizou, com Vlachodimos defendendo e mandando a bola na trave.

Na sequência, Süle fez um lançamento para finalização de Thomas Müller, mas o poste mais uma vez parou o ataque bávaro. O Bayern teve outro gol anulado aos 7' da segunda etapa. Coman fez uma jogadaça e colocou Diogo Gonçalves para dançar, passando a bola para Sané. O ponta finalizou e Vlachodimos espalmou, com Thomas Müller completando no rebote. Com auxílio do VAR, o juíz anulou o tento devido impedimento de Coman na origem da jogada.

O Benfica respondeu com Diogo Gonçalves, que abriu espaço e finalizou, com Neuer operando outro milagre. O Benfica chegou de novo em uma cobrança de falta: João Mário tocou para Gonçalves, que cruzou para o zagueiro brasileiro Lucas Veríssimo cabecear para fora.

Aos 20', o Bayern de Munique fez sua primeira mudança com a saída de Pavard para entrada de Gnabry. O Benfica quase chegou ao gol depois de bela arrancada do ucraniano Yaremchuk, vencendo a marcação de Upamecano e finalizando para fora

Na sequência, o gol bávaro finalmente saiu, aos 25 minutos, com Leroy Sané cobrando uma falta com muita categoria. Precisando empatar, Jorge Jesus colocou o ex-Grêmio, Everton Cebolinha, mas o brasileiro não teve sorte e marcou contra, ampliando o placar para os alemães. Gnabry cruzou e o atacante do Benfica desviou para o próprio gol.

Após o segundo gol, a porteira abriu de vez. Gnabry fez um cruzamento rasteiro, Sané recebeu e tocou para Lewandowski rolar para o gol vazio. Três a zero.  Em ritmo de treino, o Bayern de Munique chegou ao quarto gol com muita naturalidade, com Leroy Sané marcando mais um no estádio da Luz. O Bayern fez quatro gols em 20 minutos com extrema tranquilidade, e conseguiu mais uma grande vitória na UEFA Champions League. 

Final: Benfica 0 x 4 Bayern de Munique

O placar pode até dar a impressão de que foi mais um passeio do Bayern de Munique. É um pensamento correto, porém, o Benfica conseguiu equilibrar o jogo em boa parte dos 90 minutos. Entretanto, desandou após o gol contra de Cebolinha.

Praticamente classificado para as oitavas de final da UEFA Champions League, o Bayern de Munique volta a campo no próximo sábado (23), para receber o Hoffeinhem pelo campeonato alemão. A bola rola às 10h30, horário de Brasília, na Allianz Arena.