Conteúdo

Mais um! Bruno Bulldoguinho nocauteia e consegue segundo bônus seguido; veja os premiados do UFC Vegas 27

23 de maio de 2021

(por Leandro Chagas)

Depois de acumular três derrotas seguidas no Ultimate, Bruno "Bulldoguinho" Silva entrou em 2021 disposto a mudar sua história. No UFC Vegas 27, disputado no último sábado (22), o peso-mosca (até 57kg) alcançou a sua segunda vitória seguida no ano, em um espaço de dois meses. O triunfo veio com um nocaute em apenas um minuto em cima do mexicano Victor Rodriguez, que rendeu para o brasileiro o segundo prêmio de "Performance da Noite" seguido, e um bônus de U$S 50 mil dólares (aproximadamente R$ 270 mil).

Bruno começou o combate estudando o adversário, tentando achar a distância. Quando o relógio se aproximava dos 50 segundos de luta, Bulldoguinho tentou um soco e uma joelhada no clinch, acertando na sequência um direto de direita que mandou Rodriguez direto para a lona. 

Na comemoração da vitória, o paulista de 31 anos ainda levantou uma plaquinha pedindo U$S 75 dólares para Dana White, o mesmo bônus pago no UFC 262. Apesar do pedido engraçado, e de ter conquistado o quinto nocaute mais rápido da história da divisão peso-mosca, o patrão manteve apenas os U$S 50 mil que são pagos costumeiramente.

Dominante! Carla Esparza atropela Yan Xiaonan e se aproxima do cinturão 

Ex-campeã peso-palha e quarta colocada da divisão, Carla Esparza dominou completamente Yan Xiaonan, número três da categoria até 52kg. Utilizando seu wrestling de alto nível, "Cookie Monster" não deu chances para a chinesa, que em seis lutas, ainda não havia perdido no UFC. 

Sem dar espaços para Xiaonan, Esparza já começou o round colocando sua adversária para baixo, permanecendo ali até o final, encerrando o assalto com uma cotovelada que abriu a testa da chinesa. 

No round dois, Yan conseguiu manter a luta em pé por aproximadamente 40 segundos. Depois disso, foi novamente derrubada. Fazendo o que sabe de melhor, Carla foi batendo, deixando "Fury" cada vez mais ensanguentada, enquanto ganhava espaços, até chegar a um crucifixo. Após imobilizar sua oponente, iniciou uma saraivada de golpes que obrigou o juiz a encerrar o combate aos 2:58.  


 
A grande atuação que rendeu para a veterana de 33 anos um bônus de "Performance da Noite", foi também a sua quinta vitória seguida. Aproveitando o ótimo momento, Carla ainda pediu para enfrentar novamente a campeã Rose Namajunas. As duas se encontraram pela primeira vez em 2014, justamente na disputa inaugural do cinturão peso-palha, com Esparza levando a melhor. 

Guerra sangrenta entre pesos-pesados

O prêmio de "Luta da Noite" foi entregue para o norte-americano Jared Vanderaa e o neozelandês Justin Tafa, que protagonizaram uma verdadeira guerra sangrenta. Após 15 minutos de muita trocação, quem levou a melhor foi lutador dos Estados Unidos. Entretanto, o samoano também foi premiado pela sua entrega. Sendo assim, ambos os pesos-pesados (até 120kg) levaram para casa o bônus de US$ 50 mil.