Conteúdo

Lewis Hamilton demonstra pessimismo: ‘Mercedes não vai competir por vitórias” no início da temporada

12 de março de 2022

(por Rafael Lima)
 

A nova temporada é uma das que geram mais expectativas nos últimos anos, já que a mudança das regras nivelou os times e praticamente igualou os pontos de partida de cada um. Com isso, pouco se sabe sobre qual equipe será a mais forte do grid.

Porém, após os primeiros testes, a Ferrari vem sendo a mais elogiada e, para alguns, o time a ser batido. Enquanto isso, a Mercedes, bicho papão dos construtores nos últimos anos, não está entre as mais cotadas. Seguindo essa linha, Lewis Hamilton não demonstrou muito otimismo para o início da temporada. “No momento, não acho que vamos competir por vitórias. Obviamente, semana que vem vamos melhorar a performance… mas as pessoas vão se surpreender”, avaliou Hamilton. “Ainda temos alguns problemas para resolver. Definitivamente não somos o carro mais rápido no momento. A Ferrari parece a melhor. ARed Bull provavelmente está atrás deles, então nós ou a McLaren. Mas, definitivamente, não estamos à frente. As pessoas acham que estamos abaixando as expectativas, mas neste ano é diferente”, alertou.

Além disso, Lewis também abordou em sua entrevista no Bahrein o desenvolvimento do carro. “[O carro] Parece muito diferente agora do que no ano passado. Acho que não estamos tão bem posicionados. Os desafios são muito maiores agora, não podem ser resolvidos em uma semana. Me disseram que ainda temos muito tempo de volta para encontrar”, analisou o heptacampeão. “O positivo, até aqui, é que seguir outros carros na pista me parece melhor, no que espero ser o caminho certo”, concluiu.