Conteúdo

Lesionada, Naomi Osaka não jogará Wimbledon; brasileira Laura Pigossi entra em seu lugar

18 de junho de 2022

(por Mattheus Prudente)

Mais um desfalque importante foi confirmado na chave de Wimbledon em 2022. A japonesa Naomi OSaka tem uma lesão no tendão de Aquiles e não jogará o Grand Slam, dando lugar para a brasileira medalhista olímpica no ano passado Laura Pigossi entrar na chave. 

Osaka sofreu a lesão em Madrid no mês passado, jogando Roland Garros com esse problema. No entanto, ele acabou se agravando, e ela decidiu não jogar durante a temporada da grama, principalmente por conta da falta de pontos no ranking em Wimbledon neste ano. Ela vai continuar sua recuperação para se preparar para o US Open. 

Essa será a segunda vez seguida que a japonesa não vai jogar Wimbledon, já que, no ano passado, ela acabou saindo do circuito para cuidar de sua saúde mental, O torneio não vem sendo gentil com Osaka, que nunca conseguiu passar da terceira rodada do Slam em sua curta carreira, que já tem alguns problemas sérios desde o início fulminante. 

Atual número 43 do ranking, Osaka ainda está tentando voltar à sua melhor forma depois desse tempo fora das quadras por conta de sua saúde mental e algumas lesões que a tiraram de alguns torneios desde então. Ela é uma de vários desfalques de Wimbledon neste ano, junto com todas as tenistas russas e bielorrussas, Leylah Fernandez e Elina Svitolina, por exemplo.