Conteúdo

Lenda do UFC, B.J. Penn desafia Jake Paul após youtuber 'atropelar' Ben Askren em luta de boxe

18 de abril de 2021

(por Leandro Chagas)

No último sábado (17), uma superluta de Boxe ofuscou o UFC Vegas 24 e virou um dos assuntos mais comentados da internet. No combate principal do Triller Fight Club, evento realizado no Mercedes-Benz Stadium, em Atlanta, Geórgia (EUA), o youtuber Jake Paul nocauteou no primeiro round o wrestler Ben Askren, ex-UFC e ex-campeão do One Championship e Bellator. 

A vitória de Jake em apenas 1m59s surpreendeu e irritou diversas personalidades do mundo das artes marciais mistas, que consideraram o desempenho de Askren uma vergonha para o MMA. Entre os que se candidataram para enfrentar o youtuber fanfarrão está B.J. Penn, Hall da Fama do UFC.

Através do Twitter, o ex-campeão dos leves e dos meio-médios do Ultimate lançou o desafio:

“Ei, Triller, me mande um contrato e eu ficarei feliz em derrubar esse filho da pu** em um round”, publicou o veterano. 

Aos 42 anos, B.J. Penn não luta desde maio de 2019, quando foi derrotado por Clay Guida no UFC 237. Com sete derrotas seguidas entre idas e vindas na aposentadoria, "The Prodigy" acabou sendo dispensado pelo Ultimate. A gota d'água foi quando o lutador se envolveu em uma briga de rua que viralizou na Web. Em um vídeo, ele aparece sendo nocauteado, enquanto em outra gravação ele é visto socando um homem no chão. 

Aos 24 anos, Jake Paul vem ganhando cada vez mais notoriedade no mundo das lutas. A celebridade que venceu todas as suas três lutas de boxe, aproveitou o triunfo contra Askren para alfinetar Dana White. O presidente do UFC havia apostado contra ele no duelo.

"Dana White, nós vamos pegar sua aposta de US$1 milhão e vamos direto para uma boate de strip”, escreveu o youtuber.

Nas suas duas primeiras apresentações, Paul teve vitórias igualmente impactantes. Primeiro, ele derrotou o também youtuber Ali Eson Gib por nocaute técnico no primeiro round, em janeiro de 2020. Em novembro do mesmo ano ele "aniquilou" o ex-astro da NBA Nate Robinson no round 2. O nocaute brutal viralizou nas redes sociais.