Conteúdo

Lebron James chega ao 100º triplo duplo na carreira em derrota para os Grizzlies, Spurs sabotando 'tank', e passeio do Jazz na terra do Rocky Balboa; destaques da curta rodada da NBA desta quinta

10 de dezembro de 2021
(por Sergio Viana)

Uma rodada curta nesta quinta (9), mas não menos empolgante, com três bons jogos.

Denver Nuggets 111 x 123 San Antonio Spurs

Os Spurs impuseram uma contundente derrota contra os Nuggets no Texas. Os comandados de Gregg Popovich precisam combinar com os russos quais os planos da equipe nesta temporada: tank para draftar um talento nessa promissora classe de 2022, ou colocar Pop de vez na história como o maior vencedor da NBA. Equação bem difícil de resolver.

Indiferente a isso, o cada vez mais regular e não menos contestado armador de 25 anos, Dejounte Murray, comandou a equipe com 20 pontos, mas que teve uma atuação coletiva impecável. Não deixa de ser interessante também ver um time do Pop chutando 35 bolas de três em uma partida. Sinal de fim dos tempos?

Los Angeles Lakers 95 x 108 Memphis Grizzlies

Os Lakers foram a Memphis enfrentar um ‘Grizz’ embalado, mesmo com a ausência de Ja Morant. Jogo equilibrado somente no primeiro quarto, depois disso, Grizz assumiu o controle da partida, com destaque para o "Triple J", que fez um duelo interessante com Anthony Davis.

Desmond Bane, com 22 pontos, fez grande partida principalmente no segundo tempo, não permitindo qualquer reação do time da Califórnia. Russell Westbrook teve mais uma noite padrão, flertou mais uma vez com um triplo duplo e proporcionou desperdícios de bola bizarros. O torcedor angelino e LeBron, com mais triplo duplo na carreira, e mais uma derrota, terão paciência para aguentar isso mais quanto tempo?

Utah Jazz 118 x 96 Philadelphia 76ers

Finalmente, na terra do Rocky Balboa (ou seria de Nick Foles), os comandados de Quin Snyder não tomaram conhecimento dos 76ers. Jazz jogou bons minutos com Gobert e Whiteside em quadra e puniu o time do ‘Pofexô’ Rivers no garrafão.

Eu nunca achei que fosse escrever algo positivo do "Lado Branco" nesse espaço, mas parece que o box score player ganhou uma sobrevida na terra dos Mórmons. "Spider" Mitchell com 22 pontos liderou o Jazz que teve nada menos que oito jogadores com mais de 10 pontos. Será que Rivers está com saudades de Simmons?

A conferir:

- Cestinha: Jaren Jackson Jr (MEM) e Aaron Gordon (UTA), ambos com 25 pontos, destaque para o "Triple J", que na ausência de Ja Morant, vem assumindo protagonismo na equipe;

- Melhor jogador: Dejounte Murray (San Antonio Spurs). O contestado armador da equipe do Texas flertou com o triplo duplo, com 20 pontos, nove assistências e oito rebotes, comandou mais uma vez a equipe;

- Melhor atuação coletiva: Os comandados de Popovich parecem realmente dispostos a sabotar o Tank da equipe, os Spurs tiveram três jogadores com mais de 20 pontos e dois jogadores com mais de 10 pontos, e excelentes 32 assistências no jogo

- Jogada decisiva: não diria decisiva, nenhuma partida chegou apertada no final, mas a jogada mais interessante da rodada foi a enterrada em dois tempos de Devin Vassell, dos Spurs - vale a pena ver no Game Recap -, coisa linda!

- Jogo da rodada: vitória dos Spurs sobre os Nuggets, Pop gostou;

- Sinal vermelho: Los Angeles Lakers. Mais uma partida em que Davis e James (mais um triplo duplo) combinam para mais de 40 pontos e o time não vence. A campanha de 13-13 esconde o desempenho irregular da equipe ‘Angelina’, Frank Vogel precisa achar o equilíbrio desse elenco, rápido;

- Sinal amarelo: Philadelphia 76ers. O time "completo" não tem conseguido manter a consistência, justamente no ano que a Conferência Leste subiu o nível;

- Sinal verde: Memphis Grizzlies. O time tem sete vitórias nos últimos 10 jogos, vem conseguindo segurar a onda sem Ja Morant e ocupa uma inesperada quarta posição em um Oeste ainda em aberto, fruto de um bom trabalho do treinador Taylor Jenkins.