Conteúdo

LaMelo faz história, trio decide e Hornets superam Hawks 

10 de janeiro de 2021

(por Diego Dias)

Com 19 anos e em seu décimo jogo na NBA, LaMelo Ball já coloca seu nome na história. O armador se tornou o mais jovem a atingir um triple-double de 22 pontos, 12 rebotes e 11 assistências mesmo começando como reserva para ajudar o Charlotte Hornets a bater o Atlanta Hawks e conquistar sua terceira vitória seguida. Além do calouro badalado, Terry Rozier (23 pontos e 4 roubos) e PJ Washington (22 pontos e 7 rebotes) formaram o trio de destaque dos vencedores.

Já os Hawks não conseguiram tirar vantagem do desgaste do back-to-back dos Hornets e chegaram ao quarto revés consecutivo, com o técnico Lloyd Pierce quebrando a cabeça para ajustar a equipe em meio aos desfalques de Rajon Rondo, Danilo Gallinari, Kris Dunn e Onyeka Okongwu. Mas, tiveram em Cam Reddish (21 pontos, 5 rebotes e 4 roubadas de bola) e DeAndre Hunter (20 pontos e 8 rebotes) os nomes da equipe na noite. Trae Young fez partida mais solidária e terminou com "apenas" 15 pontos e 10 assistências.

O jogo foi bastante disputado e ninguém se mantinha na frente no placar. Bogdan Bogdanovic foi talvez o principal nome do primeiro quarto, mas para seu azar e dos Hawks ele precisou deixar a quadra no final do segundo quarto ao tentar uma infiltração e se chocar com LaMelo, sentindo muitas dores no joelho. Os Hornets começaram a construir a vitória na parte final do segundo quarto, quando se desgarraram no placar em cestas de longa distãncia de Caleb Martin (vindo do banco) e de Washington, se aproveitando da falta de pontaria de Young do perímetro: foram zero acertos do armador de Atlanta da posição.

A boa performance nos chutes de longe não se repetiram no terceiro quarto, e os Hornets permitiram uma aproximação dos Hawks. Mas foi aí que a estrela de Ball começou a brilhar, com seus 7 pontos e 4 assistências em poucos minutos, estendendo a diferença para a casa dos dez pontos na virada para o quarto período. Charlotte não deu chances aos visitantes de Atlanta no desfecho do embate, apesar dos esforços de Hunter e Reddish no garrafão.

 

Final: Atlanta Hawks 105-113 Charlotte Hornets

 

 

Charlotte espera dar continuidade ao bom momento diante do New York Knicks na segunda-feira (11) dentro de seus domínios. Já Atlanta buscará a reabilitação na mesma noite, quando recebe o Philadelphia 76ers.