Conteúdo

Lakers derrotam Knicks na prorrogação com ótimas atuações de RJ Barrett e Lebron, Hornets sofrem apagão bizarro, Tyrese Haliburton tem noite de Oscar Robertson e mais; confira como foi a rodada deste sábado (6) pela NBA

6 de fevereiro de 2022

(por Matheus Correia)

Com seis jogos, a rodada deste sábado (6) pela NBA teve atropelos, um jogaço entre Knicks e Lakers, Haliburton em noite de Oscar Robertson e uma derrota desastrosa dos Hornets. Confira a análise e resumo das partidas a seguir:

Vitórias fáceis e times em alta

Ainda desnorteada pelo assalto que sofreu na troca com os Clippers, a equipe de Portland foi atropelada pelos Bucks dentro de sua própria casa. Giannis Antetokounmpo e Bobby Portis se aproveitaram da fragilidade defensiva da equipe adversária e dominaram os arremessos de meia-distância. Portis terminou o confronto como cestinha, anotando 30 pontos, 4 rebotes e 5 assistências. Já Giannis alcançou a marca de 29 pontos, 9 rebotes e 6 assistências. Portland foi extremamente dependente de seu backcourt para conseguir pontuar, com Anfernee Simons e Ben McLemore sendo os destaques do time com 19 pontos cada.

Após a derrota para os Hawks na última rodada, o Phoenix Suns se recuperou e conquistou uma vitória tranquila contra os Wizards fora de casa. Chris Paul (14 pontos, 4 rebotes e 9 assistências) e Deandre Ayton (20 pontos e 16 rebotes) foram os destaques da partida. O confronto, no geral, foi bem pobre ofensivamente, e isso fica explícito no placar: 80 a 95. Enquanto Washington teve um péssimo aproveitamento de 35% nos arremessos de quadra, Phoenix alcançou a marca de apenas 40%. 

Apesar da falta de equilíbrio, Orlando Magic e Memphis Grizzlies protagonizaram uma das partidas mais interessantes da rodada, principalmente pelas atuações individuais. Ja Morant foi avassalador em quadra e guiou sua equipe para um triunfo fácil, anotando 33 pontos, 5 rebotes e 7 assistências. Mas a performance que mais chamou a atenção foi a do grandalhão Steven Adams, que teve uma noite de Nikola Jokic. O pivô anotou 12 pontos, 11 rebotes e 8 assistências, Já do lado do Magic, o destaque ficou para o segundanista Cole Anthony, com 22 pontos, 6 rebotes e 5 assistências. Boa vitória para Memphis, que vai se consagrando como uma das melhores equipes da liga nesta temporada.

Tyrese Haliburton ou Oscar Robertson?

O novato Josh Giddey novamente mostrou sua estrela, alcançando a marca de 24 pontos, a melhor de sua carreira. Entretanto, sua atuação não foi suficiente para impedir a derrota de sua equipe contra os Kings. OKC até conseguiu lutar, chegando a assumir a liderança no placar durante o terceiro quarto, mas com uma bom jogo coletivo orquestrado por Tyrese Haliburton, Sacramento foi dominante no último quarto e garantiu a vitória. Harrison Barnes foi o cestinha da franquia californiana com 29 pontos, 9 pontos e 5 rebotes. Mas quem merece os louros é sem dúvidas Haliburton. O segundanista foi implacável com 13 pontos e 17 assistências. 

Apagão no vestiário

Hoje já é domingo, mas parece que até agora os jogadores dos Hornets ainda não saíram do vestiário do Spectrum Center. Após um primeiro tempo equilbrado contra Miami, a equipe de LaMelo & cia conseguiu perder por 35 a 8 no terceiro quarto. Isso mesmo, 35 a 8. Bam Adebayo (20 pontos e 12 rebotes) e Jimmy Butler (27 pontos, 6 rebotes e 4 assistências) foram dominantes em quadra e guiaram o Heat à vitória com facilidade no último quarto. 

Jogo da rodada

Lakers e Knicks protagonizaram o que foi de longe, a melhor partida da rodada. Com um primeiro tempo completamente dominado pelos nova-iorquinos, graças à boas atuações de RJ Barrett e Julius Randle, que parece ter finalmente começado a jogar basquetebol, algo que não fez durante toda a temporada até o momento. Entretanto, na volta do intervalo, Malik Monk explodiu para 18 pontos e colocou LA na parada. No último quarto, os Lakers chegaram a abrir 8 pontos de vantagem, mas RJ Barrett mostrou que tem gelo no sangue e colocou seu time nas costas na reta final da partida. Faltando 1 minuto no relógio e com o placar em 106 - 111 para LA, RJ Barrett atravessou a quadra e deu uma linda crava entre Westbrook e Anthony Davis. Los Angeles desperdiçou a posse seguinte e com 10 segundos restantes, Barrett converteu uma bola de três pontos para empatar o jogo e levar à prorrogação.

No tempo-extra, LeBron "orquestrou" a vitória dos Lakers, distribuindo assistências e atacando o aro quando possível. "The King" terminou o confronto com o triple-double: 29 pontos, 13 rebotes e 10 assistências. RJ Barrett e Randle relembraram os tempos de Walt Frazier e Jerry Lucas com 36 pontos, 8 rebotes e 5 assistências para RJ e 32 pontos, 16 rebotes e 7 assistências para Julius. E também é sempre bom destacar as atuações ruins da partida. Com 5 pontos, 4 rebotes, 6 assistências e 4 turnovers, Westbrook falha em emplacar uma boa sequência com a camisa da franquia californiana. 

Destaques da rodada

Cestinha: RJ Barrett (6 pontos)

Melhor jogador: RJ Barrett (36 pontos, 8 rebotes e 5 assistências)

Jogada decisiva: Cesta de três de RJ Barrett mandando o jogo contra os Lakers para a prorrogação

Melhor atuação coletiva: Memphis Grizzlies

Melhor jogo: Los Angeles Lakers vs New York Knicks

Sinal amarelo: Charlotte Hornets, que sofre a quarta derrota seguida e pode se complicar para garantir a classificação no play-in

Sinal vermelho: New York Knicks, que perde um jogo importantíssimo e está cada dia mais próximo de dar adeus ao play-in

Sinal verde: Memphis, que vai se firmando como uma das melhores equipes da liga na temporada. 

Menções honrosas: 

Jogador - Ty Haliburton (13 pontos e 17 rebotes)

Time - Phoenix Suns, que não deu brecha para os Warriors assumirem a liderança
 
Confira todos os resultados 

Portland Trail Blazers 108 - 137 Milwaukee Bucks

Sacramento Kings 113 - 103 Oklahoma City Thunder

Los Angeles Lakers 122 - 115 New York Knicks

Charlotte Hornets 86 - 104 Miami Heat

Washington Wizards 80 - 95 Phoenix Suns

Orlando Magic 115 - 135 Memphis Grizzlies