Conteúdo

Khabib Nurmagomedov é um fenômeno! Confira como o russo atropelou Justin Gaethje, Whittaker se credenciou a enfrentar novamente Adesanya e muito mais

24 de outubro de 2020

(por Leonardo Costa)

O UFC 254 foi simplesmente espetacular. Finalizações, nocautes brutais, lutas empolgantes, empate, realmente o evento está na briga para ser considerado o melhor do ano. 

Khabib Nurmagomedov, a grande estrela da tarde (aqui no Brasil), teve uma das melhores atuações da carreira, encurralou e dominou completamente Justin Gaethje, que parecia um lutador comum, totalmente diferente do que ele realmente é.

Vale destacar também a ótima performance de Robert Whittaker, que conseguiu um passaporte para a revanche diante de Israel Adesanya. Alexander Volkov se recuperou, Phil Hawes conseguiu uma vitória relâmpago e muito mais. Confira como foram todas as lutas do evento:

 

Performance histórica! Khabib Nurmagomedov vence Justin Gaethje por finalização no segundo round 

Duelo entre o campeão regular dos leves, Khabib Nurmagomedov, contra o detentor do título interino, Justin Gaethje. Para muitos, um dos maiores confrontos da história do UFC e com status de combate do ano.

Invicto na carreira, com 28 vitórias, Khabib começou mais estático e logo levou um forte chute na parte interna da perna esquerda. Aos poucos ia buscando mais a luta, fechando Gaethje na jaula e arriscando algumas joelhadas voadoras. Gaethje apostava no contra-golpe e nos low kicks, mas não conseguiu defender uma tentativa de queda do rival e por pouco não sofreu uma chave de braço.

Gaethje seguia com chutes na perna de Khabib, mas o russo não é invicto por acaso. Após derrubar o rival, Khabib dominou a posição e pôs Gaethje para dormir com um triângulo rápido e espetacular. Khabib provou que é o melhor grappler da história, porém, o fantástico lutador anunciou sua aposentadoria, alegando uma promessa para a mãe após a morte do pai. 

 

Estrategista! Robert Whittaker vence Jared Cannonier por decisão unânime

Dois conterders da divisão dos médios. A luta começou com Whittaker controlando o centro do cage e defendendo bem as investidas de Cannonier. Ambos lutadores sabiam do poder do adversário e foram mais seguros no primeiro round.

Whittaker seguia buscando as melhores oportunidades de atacar, sempre cuidando da defesa, enquanto Cannonier continuava fiel ao seu estilo. Era um combate de muito estudo e estratégia, mas Cannonier começava a incomodar o rival com fortes “low kicks”. Outro assalto equilibrado.

No round decisivo, Whittaker começou com um forte jab e depois levou o rival ao chão com um chute alto na cabeça. Cannonier não apenas conseguiu sobreviver à investida de nocaute do rival, como conectou um forte direto que por pouco não terminou com o embate. Vitória por decisão unânime de Robert Whittaker, que se aproxima da revanche contra Israel Adesanya pelo cinturão dos médios.

 

Se recuperou! Alexander Volkov vence Walt Harris por nocaute técnico

Com dois lutadores de muito poder. O duelo entre pesos-pesados tinha Volkov sendo mais agressivo e conectando bons golpes, enquanto Harris tentava manter o rival afastado e contra-atacava com algumas combinações. A luta esquentou no final do primeiro round com Volkov acertando um forte direto, mas bem respondido por uma sequência do adversário.

Harris voltou com uma estratégia um pouco diferente, tentando dominar o centro do octógono, mas em pouco tempo Volkov deu fim ao duelo com um forte chute frontal abdominal que deixou o rival indefeso. 21ª vitória de Alexander Volkov por nocaute na carreira e segunda derrota seguida para Walt Harris.

 

Brutal! Phil Hawes vence Jacob Malkoun por nocaute no primeiro round

Dois estreantes do UFC fizeram uma luta recheada de expectativas pelos médios que acabou com menos de 20 segundos. Phil Hawes partiu para cima de Malkoun e desferiu uma forte sequência de golpes que nocauteou o rival rapidamente. Phil fez jus a seu apelido "Megatron" e deve ficar com o bônus de nocaute do evento.

 

Fez bater! Lauren Murphy vence Liliya Shakirova por finalização no segundo round

Pelo peso-mosca femenino, Lauren Murphy queria seguir com o bom momento diante da estreante no UFC, a uzbeque Liliya Shakirova. Murphy começou pressionando a rival, que escapava da pressão com muita movimentação. Shakirova seguia com a estratégia de esperar o ataque da adversária e contragolpear ou buscar a queda, mas não encontrou êxito em sua tática no primeiro assalto.

Murphy voltou mantendo sua imposição e agora com um pouco mais de intensidade, encurtando a distância, enquanto sua rival não encaixava nenhum golpe significativo. Dominando o combate, Murphy levou a luta para o chão e com um mata-leão finalizou Shakirova. Primeira finalização de Lauren Murphy na carreira.

 

Belo nocaute! Magomed Ankalaev vence Ion Cutelaba por nocaute no primeiro round

Dando início ao card principal, os lutadores não tardaram muito a partir para cima. Cutelaba mantinha o centro do octógono e buscava mais o confronto, porém, via Ankalaev ser efetivo no contra-ataque. No minuto final do primeiro round, Ankalaev conectou um forte contragolpe de esquerda que levou Cutelaba ao chão praticamente desacordado, e após mais alguns golpes obrigou o juiz encerrar o combate. Nocaute impressionante de Ankalaev, que encaixa sua quinta vitória seguida e deve ganhar boas posições no ranking dos meio-pesados.

 

Card Preliminar

 

Quanto maior, maior é a queda! Tai Tuivasa vence Stefan Struve por nocaute no primeiro round

Válido pelo peso-pesado, a última luta do card preliminar marcava o embate entre o australiano Tai Tuivasa e o gigante Stefan Struve, lutador mais alto da história do UFC com 2,10 m, contra 1,88 de seu rival. Tuivasa precisava diminuir a distância e encontrou no clinch a melhor forma, e assim manteve o domínio contra o adversário por um bom tempo do primeiro round. Struve pouco se arriscou, se mantendo muito passivo, e pagou caro quando nos segundos finais foi nocauteado por Tuivasa. Importante vitória do australiano, que soube neutralizar a diferença de alcance para ficar com o triunfo. 

 

Vitória justa! Casey Kenney vence Nathaniel Wood por decisão unânime

Os dois lutadores entraram decididos a atacar e o primeiro round começou com muita trocação. Kenney conectou um golpe giratório e recebeu um direto como resposta de Wood. Aos poucos Kenney foi sendo mais efetivo, acertando bons cruzados de esquerda, mas mesmo assim não intimidava o rival. Excelente primeiro round.

A intensidade seguia no segundo assalto, com muita entrega dos dois lados. Wood começou a incomodar com chutes na parte interna da perna do rival, que por sua vez começava a dar sinais de querer levar a luta para o chão. Kenney somou importantes pontos com uma sequência de socos na parte final de outro grande assalto.

O volume do combate era forte ainda no terceiro round, com os dois lutadores mostrando muita resistência física. Na metade do assalto, Kenney partiu para a queda, em uma mudança de estratégia. Wood defendia de todas as formas e por fim se manteve em pé. Por fim, Kenney conseguiu conectar mais golpes significativos e, por decisão unânime, saiu com o triunfo. Terceira vitória de Casey Kenney em quatro lutas disputadas apenas em 2020.

 

Ainda invicto! Shavkrat Rakhmonov vence Alex “Cowboy” Oliveira por finalização no primeiro round

O brasileiro Alex "Cowboy" tinha pela frente o cazaque Rakhmonov, que estreia no UFC e tem um cartel perfeito de 12 lutas. O embate começou com muita movimentação de ambos lutadores, mas Rakhmonov foi quem conectou o primeiro golpe com uma forte joelhada no abdômen do brasileiro, que conseguiu contornar a situação no clinch. Na sequência, o brasileiro buscou a queda, mas deixou o pescoço para que o cazaque encaixasse uma guilhotina. Vitória por finalização de Rakhmonov sobre Alex Cowboy.

 

Tudo igual! Da-Un Jung e Sam Alvey empatam

A luta começou com Jung pressionando o rival, encurtando o espaço e buscando conectar bons golpes. Por sua vez, o experiente Alvey se defendia bem com sua esquiva e levava perigo no contragolpe e em um bom primeiro assalto foi mais efetivo do que o adversário.

O coreano voltou mais agressivo no segundo round. Seguia pressionando Alvey contra a grade e com sua direita sempre "engatilhada", mas era Alvey quem conseguia conectar as melhores combinações e a luta ficou toda para o round decisivo.

Jung seguia na espera do momento perfeito para encaixar sua potente direita, e ela apareceu logo no início do último assalto, levando o rival ao chão com uma cotovelada. O coreano ainda tentou concretizar o nocaute, mas Alvey se safou por pouco. A luta seguiu um ritmo frenético e foi a vez de Alvey disparar bons uppercuts que bambearam o adversário. Jung voltou a acertar o rival, desta vez com um direto, obrigando Alvey buscar a luta agarrada. Por fim, os juízes viram empate na luta, frustrando ambos os lutadores. De qualquer forma, uma tremenda luta para começar o UFC Khabib vs Gaethje.

 

Cotovelada destrutiva! Miranda Maverick vence Liana Jojua por nocaute técnico

A invicta Miranda Maverick, conhecida como uma ótima finalizadora, demonstrou dominância em pé. Liana Jojua foi pra cima e se arriscou mais, mas sofreu uma cotovelada frontal absurda, que abriu a face de Liana, que foi guerreira, porém, no intervalo do primeiro para o segundo round, foi interrompida de voltar pelos médicos.

 

Aula de jiu jitsu! Joel Alvarez vence Alexander Yakovlev por finalização no primeiro round

Na primeira luta da noite, Alexander Yakovlev foi disposto a trocar golpes com Joel Alvarez. Estava levando a melhor de pé, quando Alvarez passou a usar o jiu jitsu. Com muita habilidade no chão, o espanhol foi conseguindo as posições sorrateiramente, até aplicar um “arm lock” justo e sair vitorioso.