Conteúdo

Julianna Peña quer chocar o mundo novamente: ‘Não haverá mais desculpas’

30 de julho de 2022

(por Igor de Paiva)

Em dezembro de 2021, Julianna Peña chocou o mundo ao vencer a brasileira Amanda Nunes, considerada por muitos a melhor lutadora da história do esporte, pela categoria peso-galo (61,2 kg). Apesar de uma boa vitória, tanto Peña quanto os amantes do esportes clamavam por uma revanche. Ambos terão a chance de ter novamente o duelo, desta vez em Dallas, pelo UFC 277.

“Há uma parte de mim que quer manter o profissionalismo (e não levar para o lado pessoal) e faço um bom trabalho nisso”, afirmou Peña. “Mas, ao mesmo tempo, é um pouco pessoal porque ela me faz sentir ou tenta me fazer acreditar nas coisas que ela diz para si mesma. E é engraçado para mim porque é tipo: ‘Você sabe que não é a campeã. Você nunca será a campeã. Você nem acredita nisso’, mas espera aí, eu disse exatamente o que eu faria. Eu disse o que faria cinco anos atrás e fui lá e fiz exatamente tudo isso.

“Não estou inventando, não estou tirando isso do meu traseiro. Tudo que aconteceu na minha carreira e jornada é 110% fato. Não estou tentando provocar. Não estou tentando desrespeitá-la de maneira alguma. Eu disse o que precisava dizer para receber a luta, agora tenho a luta. Não há muito mais a dizer fora defender (o cinturão). Vou deixá-la dizer o que quiser. Mas quanto ao meu jogo, apenas preciso focar em mim e no que posso fazer”, comentou Peña.

Em relação a sua já conhecida adversária, Peña foi bastante categórica ao falar que espera uma Amanda Nunes em seu melhor nível.  

“Anotei todas as mudanças e apenas retomei meu treinamento normal. Acho que a coisa mais importante é que ela esteja em seu melhor estado possível, a melhor Amanda Nunes que já vimos, porque aí não haverá mais desculpas (...).

“Espero que ela esteja mais rápida, mais forte e melhor. Espero que ela seja mais explosiva. Espero que ela corra para cima de mim com tudo que tem. Estarei pronta para tudo que ela trouxer e pronta para reagir a tudo”, acrescentou Peña.

Por fim, a atual campeã não espera terminar a luta do próximo sábado (30) como o último confronto entre as atletas, no qual terminou com uma finalização de Peña, mas se vê pronta caso a luta caminhe para essa situação.

“Não sei como vou vencer. Apenas sei que vou fazer tudo que estiver ao meu alcance e que vou vencer. Se vier por finalização, será por finalização. Se vier por nocaute, será nocaute. Não sei. Não posso dizer quando, não posso dizer onde, não posso dizer como, só posso entregar tudo a Deus e deixá-lo resolver o resto. Tenho fé e esperança de que isso será o bastante”, finalizou a campeã.