Conteúdo

Jornalista compara o Golden State Warriors da atual temporada com a equipe recordista de 2015-16: Qual leva a melhor?

25 de novembro de 2021

(Por Leonardo Costa)

 

Com um começo de temporada muito acima das expectativas, com apenas duas derrotas nas primeiras 18 partidas, a atual equipe do Golden State Warriors está em um ritmo que os levaria a vencer 73 partidas, recorde atingido justamente pela franquia em 2015-16.

Dessa forma, o jornalista Juan Estevez fez um texto comparativo entre as duas equipes, analisando aspectos defensivos e ofensivos, buscando compreender as semelhanças, ou não, entre os comandados de Steve Kerr.

A começar pelo ataque, Estevez identificou que o atual Warriors tem uma média de 113,6 pontos por jogo, o melhor da temporada, mas ainda abaixo do alcançado seis temporadas atrás, quando tinham marca de 114,5 por partida. O Golden State de 2015-16 terminou aquela temporada regular com o melhor aproveitamento nos arremessos de quadra e em bolas de três de toda a liga. Hoje ocupam o segundo e o quarto posto, respectivamente.

Em termos de perdas de bola, os famosos turnovers, a atual equipe tem um desempenho pior do que sua versão passada, com 14,3% de posses perdidas, segunda maior da temporada, contra 13,5%. Outra desvantagem está em relação à porcentagem de rebotes ofensivos conquistados após arremessos falhados, que está em 22,7% agora, contra 23,5% da equipe recordista.

Importante frisar, que se em 2015-16 os Warriors já tinham nos arremessos de longa distância base substancial de sua forma de jogo, com 36,2% de todos os arremessos, atualmente esse número é ainda maior, chegando aos 47,9%, elevando a proposta a outro nível.

Outros dados mais específicos analisados por Estevez mostram números similares entre as duas equipes quando o assunto é troca de passes e pick and roll, por exemplo. Porém, há uma diferença significativa na distribuição dos anotadores, sendo que em 2015-16, Curry com cerca de 30 pontos e Thompson, com 22, eram os principais cestinhas, e nenhum outro chegava aos 15 pontos. Hoje, Curry mantém a média, enquanto que Wiggins, com 19,1, e Poole, com 18,3, completam a pontuação de uma equipe que ainda terá a volta de Thompson.

Já defensivamente, os Warriors estão claramente superiores aos da equipe 73-9. Apresentam um rating espetacular de 100,2, contra 103,8, e permitem menos arremessos rivais (42% vs 43,5%). Roubos de bola também é outro ponto forte da equipe atual, com três jogadores acima dos 1,8 roubos por jogo, contra apenas um de seis anos atrás.

Rebotes defensivos também estão em níveis melhores, mesmo sem grandes especialistas no assunto. Em contrapartida, a equipe de 2015-16 dava mais tocos por partida, com 6,1, contra 4,9 atualmente.

Estevez finaliza a análise mostrando que o Golden State atual tem uma vantagem média de 13,5 pontos por partida, e que se manterem esse nível absurdo, terminarão com a melhor marca de todos os tempos, superando os Lakers de 1971-72, que tiveram 12,3. Por fim, sustenta que a equipe dos Warriors versão 2021-22 não é tão diferente daquela que encantou a NBA.