Conteúdo

Jordan Love pode ser utilizado como uma espécie de "Taysom Hill dos Packers"

28 de junho de 2020
16h 15

(por Rafael Lima)

 

A primeira escolha do Green Bay Packers no draft deste ano, o quarterback Jordan Love, ainda é difícil de ser assimilada pela maiorias dos torcedores “cabeças de queijo”, além de quase todos os fãs da NFL, que ficaram sem entender o porque de um time que tem Aaron Rodgers com um contrato astronômico recrutaria um jovem quarterback como primeira opção.

Uma hipótese que está sendo ventilada pelo ex-quarterback dos Packers, Brett Favre, é que o técnico Matt LaFleur poderá utilizar Love como uma espécie de “Taysom Hill dos Packers”, atuando em formações surpreendentes e alinhando em outras posições. "Acho que há maneiras de incorporá-lo como o Taysom Hill dos Saints”, disse Favre ao TMZ.

"Use-o como halfback, recebendo passes pelo meio, mas ocasionalmente deixe-o executar (como QB) apenas para mostrar que fará isso. Algo assim.”, completou o lendário QB.

Love é atlético o suficiente para alinhar como running back e até wide receiver, caso seja treinado para essas funções, poderá sim ser o “Taysom Hill” de Green Bay, porém, aparentemente tem ainda mais talentos para lançamentos, com um teto maior do que o atleta dos Saints.

Ao ser perguntado sobre esta possibilidade por Rob Demovsky, da ESPN, o Coordenador Ofensivo dos Packers, Nathaniel Hackett, não descartou a possibilidade. "Nem sequer consegui sentar em uma sala de reuniões em Lambeau. Não consegui conversar muito com ele nem trabalhar cara a cara. Acho que ainda há muito a ser visto. Você nunca sabe. Qualquer coisa pode acontecer. “, finalizou Hackett.