Conteúdo

Jon Jones é expulso da Jackson-Wink MMA e emite comunicado

13 de outubro de 2021

(por Rafael Lima)

O ex-campeão meio-pesado do UFC Jon Jones foi expulso da academia Jackson-Wink MMA após sua última prisão em Las Vegas.

Jones é o principal nome da Jackson-Wink MMA, em Albuquerque, Novo México, na última década. No entanto, após sua última prisão em Las Vegas por suposta agressão doméstica, os treinadores da Jackson-Wink MMA não tiveram escolha a não ser dizer que ele não teria mais permissão para ir à academia até que ele se recomponha. Em declarações a Ariel Helwani, no The MMA Hour, o técnico de trocação de Jones, Mike Winkeljohn, confirmou que ‘Bones' não é mais bem-vindo na academia até que se recupere. Winkeljohn também disse a Jones para parar de beber.

"Estou muito desapontado. É duro. O mais difícil foi quando você ouve que a filha dele disse para chamar os policiais. É difícil do meu ponto de vista, tenho três filhas. Tenho mulher e três filhas, ensino autodefesa feminina chamada autodefesa 'Smart Girls'. Isso só torna mais difícil quando ele continua se metendo em problemas ”, disse Winkeljohn sobre Jones. “Mas acabei de ter uma conversa com ele. Eu disse: ‘Jon, este é o negócio. Você é como meu irmão mais novo. Você tem que parar de beber e consertar essas coisas por um certo período de tempo até voltar à academia. Então, no momento, ele está fora da academia. Ele não tem permissão para entrar no ginásio. Eu senti que tinha que fazer isso porque ignorar e esperar resultados diferentes, como dizem, é uma loucura. Ele tem um monte de pessoas falando sim ao seu redor que não lhe dizem a verdade. Ele pode me odiar por isso, mas eu tinha que dizer a verdade a ele. Mas no meu coração, Deus, aquele cara é bom. E não estou falando apenas de luta. No meu coração, espero que Jones volte e ganhe o título dos pesos-pesados, pare de beber, siga em frente e vá para coisas maiores. Ó meu Deus. Ele é tão carismático e muito inteligente e pode se sentar e quebrar e brigar e ele pode se sentar e quebrar muitas coisas na vida. Ele é capaz de fazer coisas muito maiores do que apenas este mundo do MMA. É onde estamos agora, mas veremos o que acontece no futuro. Espero tudo de bom para ele.” Declarou o treinador.

Após o desligamento da Jackson-Wink MMA, Jon Jones emitiu um comunicado sobre o seu desligamento da academia. "Tive uma conversa comovente ao telefone com um de meus treinadores de longa data [Winkeljohn] ontem à noite, realmente dói perder o apoio de alguém que eu tanto respeito. Sincero obrigado aos demais treinadores por permanecerem na luta comigo. Nossa jornada continua…” Completou o ex-campeão meio-pesado.