Conteúdo

Jogo de um time só! Bucks envolvem Bulls do início ao fim e voltam a liderar a série

23 de abril de 2022

(Por Diego Dias)

O Milwaukee Bucks sofreu um duro golpe ao perder o ala Khris Middleton para o restante da série. Mas a equipe teve o retorno de Bobby Portis recuperado de contusão ocular, e outra vez Grayson Allen ganhando os holofotes diante de um limitado Chicago Bulls, que não teve como evitar a bela vitória dos atuais campeões para desempatar a série.

Algoz de Chicago na temporada regular pelo polêmico lance com Alex Caruso, Allen teve sua melhor exibição na carreira e teve career-high em pontos (22) e acabou como cestinha da noite matando 5 de 7 bolas do perímetro. Portis retornou com 18 pontos e fez os duplos com 16 rebotes e Giannis Antetokounmpo teve períodos distintos: trabalhou as jogadas na primeira metade e foi mais incisivo na segunda e beirou o triple-double com 18 pontos, 7 rebotes e 9 assistências.

Pelos Bulls, DeMar DeRozan teve desempenho apagado e fez 11 pontos. Nikola Vucevic (6 rebotes) foi o maior pontuador com 19 e Zach Lavine anotou outros 15 pontos e pegou 5 rebotes.

Mesmo com torcida contra, foram os Bucks que tiveram as melhores ações no quarto inicial. A equipe era mais precisa nos tiros de longa distância com o ex-Bull Bobby Portis e o "persona non grata" em Chicago Grayson Allen acertando bolas importantes. Assim, não demorou para Milwaukee colocar dígitos duplos de diferença no placar mostrando também impacto defensivo, com Brook Lopez e Pat Connaughton rejeitando gancho de Nikola Vucevic e bandeja de Alex Caruso respectivamente e, mesmo com os Bulls tendo segundas chances, os Bucks tinham facilidade em forçar os erros do rival. Zach Lavine e DeMar DeRozan tinham dificuldades em pontuar, mas tiveram boas jogadas de infiltração para chegar à cesta. Apesar de tal esforço, os Bucks conseguiram manter uma confortável margem ao término de 12 minutos (33x17).

No período seguinte Coby White, na curta distância, e Caruso, de longe, trouxeram ânimo para os Bulls. Mas uma cesta de três de Connaughton seguindo uma bela enterrada de Giannis foram as respostas que Milwaukee precisava para manter o ritmo da partida e engatar uma run de 13x0 com Portis e Allen atacando o garrafão de Chicago com certa facilidade. Uma bola de três de Coby estancou a sangria, mas a diferença já havia passado dos 20 pontos (46x25). Antetokounmpo, mesmo recebendo forte marcação, tinha facilidade em achar os companheiros e era o principal garçom do duelo até então com 5 assistências, compensando a baixa pontuação. Nada que preocupasse, já que Jrue Holiday converteu mais uma cesta de perímetro para Milwaukee, colocando 60x39 no placar antes de Vucevic fechar a primeira metade em rápido floater.

O montenegrino ainda abriu o 3º quarto achando Lavine para uma boa cesta de três pontos, mas os Bulls viram Milwaukee abrir uma run de 10 pontos depois que Giannis finalizou na ponte aérea e depois converteu dois lances livres na jogada seguinte. Para piorar o cenário para Chicago, a equipe continuava a desperdiçar os ataques ao mesmo tempo que a defesa não acompanhava as transições dos Bucks, quase sempre com Giannis livre para atacar o aro. Lavine matou outra de longa distância e Vucevic completou bandeja e seguiam como as principais armas dos Bulls, mas os Bucks aumentaram a diferença para 30 pontos (84x54) após Allen acertar seu lance livre de bônus, completando o and-one da bandeja. Na sequência, outra bola de três de Connaughton no último minuto era o aparente fim de partida.

O largo déficit de 31 pontos era o maior da história dos Bulls em jogos de pós-temporada. Diante das circunstâncias da partida, a equipe deu maior minutagem aos reservas visando poupar forças para o jogo 4. Já Milwaukee manteve os titulares nos primeiros minutos, mas dados os vários arremessos desperdiçados por Portis e Allen, que ainda costurou a defesa de Chicago para a bandeja, a equipe colocou os bancários em quadra. Não antes de um toco de Giannis em Tristan Thompson, e depois uma enterrada de seu irmão Thanasis Antetokounmpo fazer os primeiros torcedores deixarem o United Center. 

Final: Milwaukee Bucks 111 @ 81 Chicago Bulls (MIL lidera 2-1)

As equipes voltam a duelar no United Center na tarde deste domingo (24), pelo 4º jogo da série. Chicago tentará trazer a série de volta pra casa enquanto Milwaukee espera manter a pegada para encaminhar a classificação.