Conteúdo

Jogão! Com direito a virada no último quarto, Timberwolves vencem os Clippers em Minnesota e voltam aos Playoffs após quatro temporadas

13 de abril de 2022

(por Layo Lucena)

No Target Center, em Minneapolis, o Minnesota Timberwolves recebeu o Los Angeles Clippers no Play-in da NBA. Quem vencer vai enfrentar o Memphis Grizzlies de Ja Morant.

Com a sétima melhor campanha da da Conferência Oeste, os Timberwolves poderam enfrentar os Clippers diante de sua torcida, que compareceu em peso para dar suporte a equipe. Porém, viu um ‘Wolves’ muito nervoso, tanto no ataque quanto na defesa, desperdiçando posses de bolas e cometendo erros no sistema defensivo.

Um dos que sofreram com o quesito emocional durante toda a partida foi Karl-Anthony Towns, que terminou o jogo com apenas 11 pontos e sendo expulso após cometer a sexta falta ainda faltando sete minutos para o fim. Anthony Edwards também teve problemas com a arbitragem, mas após cometer três faltas antes do intervalo, o segundonista conseguiu se segurar na partida, sendo um dos destaques.

Falando de Edwards, o jogador selecionado na primeira escolha geral do draft de 2020 foi um dos fatores decisivos dos Timberwolves na partida. Mesmo com o ataque indo mal, Edwards e D'Angelo Russell “carregavam” a equipe nas costas. Do outro lado, um certo alguém chamado Paul George dominou.

‘PG13’ foi um dos nomes da partida do início ao fim, e liderou os Clippers em quase todo o confronto. Com 34 pontos, George foi o cestinha do duelo, porém o destaque vai para Patrick Beverley.

O ex-Clippers, agora membro dos Timberwolves, colocou fogo na partida, chegando a arrumar confusão com Marcus Morris Sr. E no último quarto, foi um dos fatores para a virada dos mandantes.

Liderados por D’Angelo Russell (29 pontos) e Anthony Edwards (30 pontos), o Timberwolves conseguiu assumir a vantagem no placar faltando cinco minutos para o fim, e não largou mais; mesmo com Paul George ainda colocando os Clippers de volta faltando um minuto para o fim. O camisa 13 acertou uma bola de três de muito longe, mas Edwards colocou ponto final no duelo na sequência.

Fim de jogo: Los Angeles Clippers (42-40) 104 x 109 Minnesota Timberwolves (46-36)

Os Timberwolves conquistaram uma vitória importantíssima em casa. Atrás do placar em quase todo o confronto, a equipe de Minnesota mostrou que seus destaques, mesmo sendo ainda jovens, conseguem decidir em momentos chaves.

Agora, o Minnesota Timberwolves vai enfrentar o Memphis Grizzlies, de Ja Morant, em uma série melhor de sete.

Teremos o duelo monossilábico na pós-temporada: KAT x Ja