Conteúdo

Jéssica Bate-Estaca finaliza Amanda Lemos no primeiro round em evento com muitas lutas rápidas; confira tudo sobre as lutas principais do UFC deste sábado (23)

24 de abril de 2022

(por Rafael Lima)


Neste sábado (23) o UFC apresentou mais um evento Fight Night em Las Vegas, com um choque entre brasileiras na luta principal. O card principal contou com quatro lutas decididas no primeiro round, sendo uma delas com uma bela finalização de Jéssica Bate-Estaca. Confira tudo o que aconteceu nos principais combates.
 

Card Principal
 

Em outro patamar! Jéssica Bate-Estaca venceu Amanda Lemos por finalização no primeiro round

Jéssica Bate-Estaca, após três lutas no peso-mosca, decidiu voltar ao palha para enfrentar a compatriota Amanda Lemos. O combate começou com as duas indo para a trocação e Amanda conseguiu conectar bons golpes, porém, Bate-Estaca usou toda a sua experiência para travar a adversária na grade, laçar o pescoço em pé e abafar até Amanda bater. Linda finalização da ex-campeã.


Especialidade da casa! Claudio Puelles venceu Clay Guida por finalização no primeiro round

Claudio Puelles foi ao octógono disposto a ampliar sua sequência de vitórias contra o maior nome que já enfrentou na carreira, o veterano irreverente, Clay Guida. O americano, mais experiente, logo conseguiu aplicar uma queda, bem no seu estilo frenético. Porém, Puelles manteve a calma e escapou para o braço de Guida. O peruano tentou ajustar a finalização, mas Guida conseguiu sair da posição, só que Puelles tem um grande jiu-jítsu e uma especialidade: a chave de joelho. E foi por essa via que o sul-americano conseguiu apertar a finalização e vencer, pela terceira vez no UFC desta forma.


Domínio por três rounds! Maycee Barber venceu Montana de la Rosa por decisão unânime

Maybe Barber foi para o ‘cage” em busca da segunda vitória seguida e executou um plano de luta perfeito para isso. Barber colocou muita pressão em Montana de la Rosa desde o início, usando a superioridade em pé para abrir caminho para a luta agarrada e dominar a adversária. O combate foi bem amarrado, mas Barber tinha a vantagem o tempo todo, conectando muito mais golpes no chão e usando seu grappling superior para vencer de forma tranquila.

 

Finalização rápida! Charles Jourdain venceu Lando Vannata por finalização no primeiro round

Este combate tinha a premissa do equilíbrio e ele começou assim. Logo de cara Lando Vannata aplicou uma queda, porém, Charles Joudain conseguiu retornar de pé e acertar um direto de direita que levou Vannata à knockdown. Rapidamente Jourdain buscou a guilhotina muito justa. Vannata ainda tentou resistir, mas não teve como sair da posição, sendo obrigado a bater. Jourdain segue crescendo na organização.


Levou o pescoço para casa! Marc-André Barriault venceu Jordan Wright por finalização no primeiro round

Marc-André Barriault tinha um objetivo claro: encerrar a má impressão deixada pela derrota ‘num piscar de olhos’ para Chidi Njokuani. E a missão dada foi cumprida! Jordan Wright tentou rapidamente levar o duelo ao chão, mas Barriault laçou o pescoço do americano, que mesmo assim colocou para baixo. Só que Barriault não largou a posição, ajustou ainda a guilhotina e impôs a Wright a desistência da luta, finalizando de forma rápida e bonita.


 

Resultados do card preliminar

Sergey Khandozhko venceu Dwight Grant por nocaute técnico no segundo round
Tyson Pedro venceu Ike Villanueva por nocaute técnico no primeiro round
Aori Qileng venceu Cameron Else por nocaute técnico no primeiro round
Preston Parsons venceu Evan Elder por decisão unânime
Philipe Lins venceu Marcin Prachnio por decisão unânime
Mike Jackson venceu Dean Barry por desqualificação no primeiro round