Conteúdo

Israel Adesanya duvida da subida de Jon Jones para os pesados e prevê: 'Nós vamos lutar algum dia'

18 de agosto de 2021

(por Leandro Chagas)

Rei absoluto dos pesos-médios com dez vitórias seguidas na divisão, sendo a última delas em cima de Marvin Vettori, em junho deste ano, Israel Adesanya ainda não tem data para retornar ao octógono. Seu próximo compromisso deve ser contra Robert Whittaker, número 1 do ranking, que já foi nocauteado por "The Last Stylebender" em 2019. Vendo cada vez menos desafios na categoria até 84kg, volta e meia o nigeriano é questionado sobre a chance de fazer uma superluta contra Jon Jones, maior campeão da história dos meio-pesados.

"A história ainda não foi contada. Ela ainda está aí", disse Israel ao "The MMA Hour", ao ser perguntado sobre a possibilidade.

O nigeriano aproveitou ainda para opinar sobre a tão aguardada mudança de "Bones" para os os pesos-pesados. Na opinião de Adesanya, que inclusive subiu para os meio-pesados para disputar o cinturão contra o campeão Jan Blachowicz, a demora de Jones para estrear na divisão até 120kg pode ser um sinal de que na verdade ele não quer fazer isso. 

"Eu subi de categoria com três anos na organização. Eu pulei pra categoria acima da minha. Os caras de lá me respeitam, até mesmo o campeão me parabenizou. Então, só acho que isso não é algo que qualquer um possa fazer. E ele está engordando agora sem motivo algum", disparou Adesanya, emendando na sequência:

"Eu não acredito que vamos ver Jon Jones lutar no peso-pesado. Ele tem falado nisso desde 2013. Ou você consegue fazer isso ou não. Nós vamos lutar algum dia. Eu não sei quando ou como isso vai acontecer. Eu só tenho a ideia do que vai acontecer, mas vamos ver se ele sobe de peso primeiro. Vamos ver se ele consegue lidar com os caras lá. Eu acho que ele consegue, mas ele mesmo acha que ele consegue?", finalizou.