Conteúdo

(Por Felipe Tostes)

 

Chegamos às quartas de final da Libertadores e certamente a competição seguirá pegando fogo, já que temos oito grandes equipes classificadas para essa fase e todas prometem dar trabalho aos seus adversários.

Cada time tem suas particularidades, suas forças, suas fraquezas, mas em comum, todos tem um jogador especial que pode definir ao seu favor. Aproveitamos esse fator para falarmos de uma estrela de cada esquadrão formado.

São Paulo - Rigoni:

Por mais que o tricolor paulista conte com o retorno do medalhista olímpico, Daniel Alves, o grande jogador do Morumbi é o argentino Emiliano Rigoni. Em pouco tempo de casa, o jogador se transformou no homem de confiança de Crespo e vem correspondendo jogo após jogo com gols e assistências a favor do São Paulo. Prova disso foi sua grande atuação na classificação diante do Racing.

Palmeiras - Weverton:

O alviverde imponente conta com um elenco recheado de estrelas, são diversos destaques individuais. O goleiro da seleção, Weverton, foi o escolhido pela sua liderança diante do elenco e a frieza em crescer em momentos decisivos. O arqueiro já garantiu 20 defesas bem sucedidas ao longo da competição, algumas dessas decisivas nos confrontos contra a Universidad Católica na fase anterior, garantindo a classificação palmeirense.

Olimpia - Jorge Recalde:

O time paraguaio certamente é a grande surpresa nesta fase da competição. Agora, o técnico Sérgio Orteman, aposta todas as suas fichas no meia-atacante, Recalde. O jogador já contribuiu com três assistências nessa edição da competição e agora busca seu primeiro gol para ajudar o time paraguaio. O atleta vem mantendo boa forma no campeonato de seu país, onde já anotou 7 tentos.

Flamengo - Gabi Barbosa:

Gabigol, ou apenas Gabi, despensa apresentações. O atacante chega às quartas de final da libertadores com 6 gols marcados e duas assistências distribuídas, ele lidera a artilharia da competição ao lado de Hulk, Rony e Borja (já fora do torneio), e certamente brigará até o final por esse prêmio individual, com seu faro de gol apurado. Após a goleada sofrida e a expulsão diante do Inter, Gabigol virá a campo com fome na quarta-feira. Pior para o time do Olimpia.

River Plate - Braian Romero:

Os milionários perderam Rafael Borré no decorrer da temporada e correram para contratar Braian Romero, o argentino era o artilheiro e somava boas apresentações pelo Defensa y Justicia. Romero chegou ao River e, para alegria de Marcelo Gallardo, logo de cara mostrou serviço e fez o que sabe fazer de melhor, gols. O veterano já conta com 5 gols e uma assistência na Libertadores, e certamente precisará de mais para levar o River adiante. 

Atlético-MG - Hulk

O galo montou um forte plantel para a temporada e seu principal reforço foi o incrível Hulk. O atacante está correspondendo as expectativas e vem até sendo considerado o melhor jogador em atividade no Brasil por muitos especialistas. Poderíamos apontar o argentino Nacho Fernández aqui, em decorrência de uma possível lei do ex diante do River, mas Hulk vem sobrando e é o cara do time de Cuca. Durante a competição, o camisa 7, já soma 6 gols e uma assistência e, como já citado, divide a artilharia do torneio.

Fluminense - Fred

Durante toda a competição, o Fluminense recebeu olhares de desconfiança, jogo após jogo teve que demonstrar o seu valor, e é justamente assim que o super experiente Fred tem se comportado. O ídolo do tricolor das Laranjeiras é peça chave e o grande finalizador deste time de Roger Machado, e no auge dos seus 37 anos, o atacante segue se sobressaindo na grande área, somando 7 participações diretas em gols, tendo anotado 5 e dado outras duas assistências.

Barcelona Guayaquil - Damián Díaz:

Outro veterano bom de bola é o argentino, ou melhor dizendo, o equatoriano, Damián Díaz. O meio-campista é a alma e o termômetro deste time de Guayaquil, que faz uma excelente campanha nesta edição da Libertadores. Díaz, hoje com 35 anos, não possui mais toda sua velocidade de anos atrás, mas a habilidade continua intacta e assim ele segue sendo a principal esperança da torcida do Barcelona, para o time alcançar voos mais altos. O baixinho tem a seu favor 2 gols e uma assistência anotada, mas seu grande número é 82% de passes certos até aqui.

Podemos ter certeza que teremos grandes duelos e a tendência é que estes jogadores citados apareçam, chamando a responsabilidade a favor de suas equipes. Agora o que nos resta é acompanhar as partidas e ver quem brilhará mais, conseguindo a tão sonhada classificação para as semifinais e quem sabe mais a frente ser coroado o "Rei da América".