Conteúdo

Honda pode liberar mais potência nos últimos dois GPs

26 de novembro de 2021

(por Bruno Braz)
 

Seguimos para a reta final da temporada. A Mercedes parece ter revertido a vantagem da Red Bull e retomado a condição de equipe dominante do momento.

Em conversas de Paddock, segundo Michael Schmidt declarou em vídeo feito para a "Auto, Motor und Sport", é que as diferenças atuais estão nas configurações dos carros, com a Red Bull enfrentando problemas em sua asa traseira, como no GP do Qatar, quando teve que recorrer a asa traseira utilizada em Mônaco, por causa de problemas com seu DRS, sem testar previamente, indo direto para o treino de classificação com uma configuração "às cegas". O motivo dessa troca? A quase certeza de um protesto da Mercedes após o treino de classificação. Fato é que, de maneira misteriosa, a Red Bull não consegue resolver o problema de seu DRS em determinados modelos de asa traseira.

Além disso, a Honda estaria trabalhando para fornecer potência extra nos 2 últimos GPs do ano. Caso isso se concretize, poderemos ter um novo rearranjo de forças na F1.

A Red Bull vai conseguir resolver seus problemas? Saberemos em breve, no próximo dia 05 de Dezembro. 

O tempo é curto, mas o intervalo de duas semanas entre os GPs do Qatar e da Arábia Saudita pode ser providencial para as pretensões do time.