Conteúdo

Histórico! O Seattle Sounders vence a Concacaf Champions League, e será o 1º time da MLS em um Mundial da FIFA

5 de maio de 2022

por João Zarif

O Seattle Sounders recebeu o Pumas UNAl em Seattle, nos Estados Unidos, para o segundo jogo da final da ConcaChampions, a Champions League da Concacaf, competição onde o campeão vai para o Mundial de Clubes. No Lumen Field lotado pelas torcidas das duas equipes, a partida poderia colocar pela primeira vez um time da MLS na competição mundial, sendo obviamente o primeiro título dos Sounders na competição. Já os Pumas venceram o torneio em 1980, 1982 e 1989, somando aí 33 anos de jejum da “Champions” Centro e Norte-Americana.

No jogo de ida, 2-2, com o time mexicano saindo na frente com dois gols de Dinenno, o primeiro de pênalti, e os americanos empatando com dois pênaltis, um deles nos acréscimos, convertidos por Lodeiro, jogador uruguaio que já passou por Corinthians e Botafogo.

A partida decisiva começou morna, e aos poucos o Sounders foi dominando a partida, criando chances não muito perogosas, principalmente com Ruidíaz, que tentava de fora, de cabeça e dava trabalho pra defesa mexicana, mas sem muito perigo. A melhor chance veio com o Pumas, aos 32, quando Fávio Álvarez enfiou lindo passe nas costas da zaga para Corozo tentar encobrir o goleiro e isolar a bola.

Aos 45 a torcida da casa veio abaixo. Falta cobrada na área, confusão e a bola sobrou para Ruidíaz bater, a bola desviar no braço do defensor do Pumas e tirar o goleiro Talavera do lance: 1-0 Seattle e muita festa na arquibancada, encerrando o primeiro tempo.

A segunda etapa veio, o Pumas tentou ir ao ataque mas não conseguia penetrar a defesa do Seattle, que esperava e aproveitava os contra-ataques para tentar assustar. Parecia que os Sounders estavam prestes a encontrar uma bola fatal nas costas da defesa mexicana, mas o time da casa errava o último passe e não aproveitava os espaços.

Aos poucos o time da “Cidade Esmeralda” começou a dominar o campo novamente. Ficava claro que os anfitriões tinham o controle da partida e poderiam matar o campeonato a qualquer momento, e foi oque aconteceu. Aos 34 minutos contra-ataque rápido pela direita com passe de Roldán para Morris, lançado nas costas da zaga. Ele entrou na área, tocou no meio mais atrás para Lodeiro, e ele rolou mais à esquerda para Ruidíaz, que esperava livre, de frente pro gol. Ele finalizou rente à trave, deslocando Talavera e abrindo 2-0 para os Sounders, explodindo de vez a torcida mais barulhenta da MLS.

O Pumas estava totalmente entregue e o Seattle aproveitou. Aos 42, Morris recebeu na área, girou em cima do zagueiro e bateu cruzado de direita obrigando Talavera a fazer um milagre. A bola ainda bateu na trave e sobrou pra Lodeiro, que de frente bateu com a esquerda para marcar 3-0. Um dos maiores ídolos da franquia, marcando de vez seu nome na história do time.

Ainda deu tempo de Ruidíaz, Lodeiro e Morris, o infernal trio de ataque e grande responsável pelo título, saírem aplaudidos. A festa estava completa, a história estava feita: um time dos Estados Unidos e da MLS é campeão da Concacaf Champions League pela 3ª vez e estará no Mundial de CLubes da FIFA pela 1ª vez!

Final: Seattle Sounders 3 (5)x(2) 0 Pumas UNAL