Conteúdo

Hamilton vence um frenético GP da Arábia Saudita e empata com Verstappen na liderança do mundial de pilotos

5 de dezembro de 2021

(por Rafael Lima)
 

A Arábia Saudita estreou na Fórmula 1em grande estilo, numa corrida que teve de tudo. Só para resumir, foram três largadas, toques de Hamilton em Ocon e Verstappen, erros, ultrapassagens e disputas até a reta final, como foi o caso de Valtteri Bottas, que superou Esteban Ocon na última reta da volta final. 

A corrida começou com ótima largada das Mercedes, que trancaram a porta de Verstappen e escaparam na frente. Outro destaque do início da prova foi Carlos Sainz, que rapidamente assumiu a 11ª colocação. 

Em pouco tempo Mick Schumacher bateu sozinho e, na sequência, o mesmo aconteceu com Charles Leclerc, paralisando a corrida, o que beneficiou Max Verstappen, pois o holandês ainda não havia parado nos boxes e estava em primeiro.

Depois de muito tempo parado o GP teve uma nova largada, com Hamilton pulando na frente de Max, enquanto o holandês desrespeitou os limites da pista para retomar a liderança, beneficiando também Ocon, que tomou a frente do britânico na sequência. Porém, antes de qualquer análise da direção de prova, Perez se chocou com Leclerc e Mazepin bateu de frente na traseira de Russell, obrigando mais uma bandeira vermelha.

Após a paralisação, nova largada. Max, de pneu macio, mesmo largando em terceiro devido a manobra por fora da pista no recomeço anterior, pulou na frente, tomando as posições de Hamilton e Ocon, que havia saído em primeiro.

Hamilton rapidamente ultrapassou Ocon para assumir o segundo lugar. Enquanto a guerra na frente estava tendo uma trégua, Tsunoda lá atrás bateu em Verstappen, forçando mais um safety car. Raikkonen e Vettel travaram nova disputa que gerou um SC Virtual.

Na volta 36 nova briga lá na frente, Hamilton abriu a asa móvel, colocou de lado, e Verstappen espalhou para levar os dois para fora da pista, que inclusive se tocaram. Verstappen recebeu a ordem de dar a posição para Hamilton pela punição, mas ele diminuiu a velocidade bruscamente e causou nova colisão com o heptacampeão. 

Apesar disso, na volta 42 Hamilton passou Max, que logo deu o troco, porém, o holandês recebeu uma punição de 5s por ganhar tempo fora dos limites de pista. Na ronda seguinte Lewis finalmente assumiu a liderança para não mais perder. 

Ainda deu tempo de Bottas completar a alegria da Mercedes e numa disputa incrível com Ocon, em que ultrapassou e foi ultrapassado, o finlandês tomou a terceira posição na última reta, comemorando demais e arrancando sorrisos e muita vibração de Toto Wolff.

Com a vitória, Hamilton se iguala a Max Verstappen na liderança do mundial de pilotos com 369,5 pontos, ficando atrás no número de vitórias, porém, quem ficar na frente do outro em Abu Dhabi será o campeão, num dos mais emocionantes campeonatos de todos os tempos. 

Pelo retrospecto recente, Hamilton está num momento melhor, já que venceu os últimos três grandes prêmios, porém, Max tem a vantagem de se os dois não pontuarem, ser o campeão. Teremos muita emoção na última prova desta temporada sensacional, sem sombra de dúvidas. 

Confira os 10 primeiros na Arábia Saudita:

1- Lewis Hamilton (Mercedes)

2- Max Verstappen (Red Bull)

3- Valtteri Bottas (Mercedes)

4- Esteban Ocon (Alpine)

5- Daniel Ricciardo (McLaren)

6- Pierre Gasly (Alpha Tauri)

7- Charles Leclerc (Ferrari)

8- Carlos Sainz (Ferrari)

9- Antonio Giovinazzi (Alfa Romeo)

10- Lando Norris (McLaren).