Conteúdo

Gustavo Kuerten - Como o Guga foi parar no mundo investidor

10 de março de 2021

(por Vanessa Monte Bello)
 

Como tenista, Gustavo Kuerten soube administrar e gerir sua carreira de forma genial, sendo o primeiro brasileiro a se tornar tricampeão de Roland Garros. Atualmente ele se destaca como empresário da área de finanças. Guga é embaixador e um dos sócios da Genial Investimentos – plataforma que atua internacionalmente ajudando pessoas físicas, fundos, atletas e outros a realizar os mais diferentes tipos de investimentos em renda fixa e variável.

Desde criança Gustavo Kuerten já sabia da importância de se ter uma educação financeira, reforçando o quanto as pessoas devem buscar um trabalho qualificado para se ter gestão de recursos. Sua empresa, a Genial Investimentos tem sede em São Paulo, porém já possui filiais em Nova Iorque e Miami, visando em breve abrir uma unidade em Portugal. A empresa já conta com mais de 360 colaboradores com um número aproximado de mais de 200 mil clientes.

Todos conhecemos o Guga como atleta, a disciplina e o talento que o levaram ao topo do mundo no tênis, mas, como empresário, o ex-tenista também se mostra com espírito e foco de um verdadeiro campeão. Durante entrevista, Guga afirmou, “a forma de relação tende a ser similar nas profissões escolhidas, vai muito da percepção sobre as coisas. No objetivo específico do tênis eu me relacionava com uma gigante motivação, um canal emocional de incentivo para superar desafios. No Instituto Guga Kuerten e na Genial é o mesmo eixo de conexão – eu quero fazer algo surpreendente todo dia! Da mesma forma, cabe muito a todas as empresas o lado de trazer sempre uma coerência, incentivar visões com pretensões maiores, ter ambição, porém, na medida certa. Na Genial falamos em algo que é uma mudança brusca na forma que investir, que é o dinheiro, com o qual todas as pessoas do mundo têm um relacionamento forte, mas é uma empresa que acima de tudo, pode atender todas as classes sociais”. Completou o ex-número 1 do mundo.

O principal objetivo que a Genial Investimentos tem é trazer simplicidade e clareza para as pessoas investirem em produtos financeiros com uma boa performance, gerando muitas oportunidades para as famílias de terem um retorno financeiro maior do que se tem em cadernetas de poupança.

Toda essa mudança de rumo na carreira de Guga faz muito sentido, principalmente quando relacionamos todo esse sucesso à forma como sua carreira foi gerida quando tenista, toda preparação, planejamento de como fazer, o que fazer, os investimentos com o dinheiro que recebia, perspectivas, o próprio futuro como jogador de tênis.

Pensando em seu futuro, Rafael Kuerten, irmão de Guga (presidente das empresas da família) sempre teve muito certo que um atleta com uma carreira de 10 a 15 anos atuante ainda tem, em média, 80 anos de vida pela frente e, se derrapar duas vezes, já é o suficiente para acabar com todo o investimento que adquiriu com tanto suor. Dessa forma, eles deram início a todo planejamento financeiro de forma extremamente inteligente. Um ocorrido foi em 1997, quando uma especialização que a própria ATP (Associação de Tenistas Profissionais) oferecia para assessorar os tenistas na parte dos investimentos financeiros – foi quando um especialista começou a auxiliar a família Kuerten.

Desde cedo, com cerca de 9 ou 10 anos, a mãe de Guga já levava os irmãos para fazer um depósito em suas contas da poupança. Guga já mostra a importância da educação financeira e toda sua dinâmica para seus filhos, que inclusive, já possuem a própria conta de investimentos com um cofrinho na Genial.

Dentro de sua empresa, Guga reforça o trabalho que eles desenvolveram específico para gestão financeira dos atletas – a Genial Excelence – nessa divisão eles atendem os atletas e artistas que possuem “carreiras curtas”, mas que precisam de um planejamento intenso, afinal todo volume financeiro é muito alto e vem num espaço muito curto de tempo.

O que percebe-se, principalmente com atletas aqui do Brasil que não possuem as mesmas oportunidades de estudo que atletas estrangeiros em relação à finanças é que praticamente 90% dos atletas colocam tudo que ganharam a perder. Justamente por isso que a empresa de Guga foi a fundo nesse ensinamento. 

Como ex-atleta ele sabe de todo cuidado, cautela e muita delicadeza, afinal, muitas vezes os atletas se deparam com fortunas, mas que às vezes acabam em dois ou três anos e esse profissional fica sem saber o que fazer ou como proceder diante das dificuldades. Foi pensando nisso que Gustavo Kuerten marcou mais um ponto maravilhoso, mas dessa vez, no mundo business.

Quando pensamos em Guga atualmente, não vemos apenas o lado atleta, mas o lado de um brasileiro guerreiro, que soube driblar todas as dificuldades que passou quando teve que abandonar sua carreira de atleta devido aos problemas de quadril, cirurgias, etc, mas não parou no tempo, se transformou em um modelo de empresário e ser humano a ser seguido.