Conteúdo

Golaço de Pepê, boa atuação de Paquetá e emoção até o fim; Lyon empata com o Porto e se classifica para as quartas da Europa League

17 de março de 2022

(por Matheus Correia)

Na tarde desta quinta-feira (17), o Lyon recebeu o Porto no Groupama Stadium pelo jogo de volta das oitavas-de-final da Europa League. Vencendo por 1 a 0 em Portugal, os franceses conseguiram segurar o empate contra um time "misto" dos portugueses em uma bela e emocionante partida, com direito a golaço e boa atuação de brasileiros. 

Mesmo com a vantagem no agregado, o Lyon começou a partida com uma postura ofensiva, com linhas altas e pressionando de forma intensa sempre que a equipe perdia a posse. O Porto demorou muito para se achar em campo, demonstrando grande dificuldade em dar passes em progressão pelo meio de campo. A atuação apagada de Galeno e Tony Martinez nos primeiros vinte minutos foi um fator crucial para este problema.

Logo aos 12 minutos, Dembelé marcou o primeiro gol do confronto. Leo Dubois deu um lançamento espetacular de trivela para o centroavante, que dominou bem, venceu a marcação de Mbemba e chutou no canto direito de Diogo Costa, já meio desequilibrado. 2 a 0 para os franceses no agregado.

Naturalmente, o Porto passou a sair mais para o jogo, mas continuava com dificuldades em concluir as jogadas. O Lyon aceitou a postura dos Dragões, mas conseguiu sair bem em contra-ataques. A equipe treinada por Peter Bosz se movimentava muito bem no ataque, principalmente pela direita. A conexão Dubois-Dembelé funcionava muito bem, mas os franceses tinham dificuldade em pegar a defesa adversária desprevinida, com Pepe muito bem nas coberturas.

Aos 27 minutos, a pressão portuguesa teve efeito e resultou em uma pintura do brasileiro Pepê. O meia ex-grêmio arrancou pelo meio e acionou Galeno na esquerda. O ponta tocou para Fábio Vieira na direita, que fez um cruzamento certeiro para Pepê. O brasileiro pegou de voleio e mandou a bola no fundo da rede de Anthony Lopes. Após o empate, a partida ficou morna e pouco aconteceu.

Na segunda etapa, foi a vez do Porto ter uma postura ofensiva. Diferente do Lyon, que optava por um jogo mais rápido e direto, os portugueses ficavam com a posse e procuravam brechas na defesa adversária. Entretanto, pelo menos nos 15 primeiros minutos, os franceses conseguiram se defender muito bem e impedir perigo ao gol de Lopes, com o volante Thiago Mendes, jogando como zagueiro, fazendo uma exímia atuação. 

Aos 62 minutos, Dembelé perdeu uma grande oportunidade de deixar sua equipe na frente novamente. Lucas Paquetá deu uma bela enfiada para o francês, que chutou em cima do goleiro Diogo Costa.

Dez minutos depois, Paquetá novamente procurou uma linda jogada. Em contra-ataque, o brasileiro arrancou, parou o jogo, deu um drible humilhante em Mbemba e tocou para Aouar no meio. O meia francês cortou para a direita e finalizou fraco, mas levou perigo à Diogo Costa, que defendeu em dois tempos.

O fim do confronto foi se aproximando e o Porto tinha muita dificuldade em fazer Anthony Lopes trabalhar. O Lyon se defendeu muito bem e conseguia segurar a bola no ataque, geralmente apostando na individualidade de Paquetá e Toko Ekambi.

Já na reta final, o zagueiro Pepe teve uma boa oportunidade após confusão na área - a bola sobrou na meia lua e o brasileiro naturalizado português pegou de primeira, com o chute desviando em Aouar e passando a milímetros da trave direita de Anthony Lopes.

A última chance da partida ficou nos pés de Vitinha, um dos grandes destaques da Liga Portuguesa, e que começou o jogo no banco de reservas. Após escanteio, a bola sobrou no meia, que ficou cara a cara com Lopes. Ele optou pelo passe em Mehdi Taremi, mas acabou tocando nas mãos de Lopes. Erro grotesco do jovem que jogou fora as chances de classificação do Porto.

Resultado: Lyon 1 - 1 Porto

Uma grande partida, que fez juz à qualidade de ambas as equipes. Talvez, se Sérgio Conceição optasse por entrar com o time titular, o Porto tinha chances maiores de sair do Groupama Stadium com a classificação. Mas como não entrou, os méritos ficam totalmente com Peter Bosz, que foi fatal ao colocar jogadores na última linha ofensiva que conseguiam segurar o jogo na reta final da segunda etapa.

O Lyon conhecerá seu adversário nas quartas nesta sexta-feira (18), após sorteio realizado pela Uefa.

Outros resultados da rodada:

Bayer Leverkusen 0 (2) x (4) 1 Atalanta

Mônaco 1 (1) x (3) 1 Braga

Crvena Zvezda 2 (2) x (4) 1 Rangers

Eintracht Frankfurt 1 - 1 Real Bétis

West Ham United 2 - 0 Sevilla