Conteúdo

Georges St-Pierre cogita largar a aposentadoria para enfrentar Khabib Nurmagomedov

8 de outubro de 2020
22h 49

(por Murilo Paiva)

O ex-campeão dos pesos médio e meio-médio do UFC, Georges St-Pierre parece não curtir a vida de aposentado.  O canadense comentou sobre uma possível volta para o octógono para mais uma disputa de título. Dessa vez contra o atual campeão dos pesos leves do UFC, o russo Khabib Nurmagomedov.

Após quatro anos do anúncio de sua primeira aposentadoria, o canadense informou que iria desafiar o campeão dos médios da época, Michael Bisping. E assim o fez. Não só retornou, como conquistou o título e logo em seguida, abriu mão do cinturão.
A história parece estar se repetindo, e após três anos da sua última luta, Georges mostra interesse em enfrentar o atual campeão do peso-leve, Khabib Nurmagomedov.

"Por que retornar agora? Mas também por que não retornar agora? Só vivemos uma vez. Essa é a questão que estou enfrentando. Se eu tiver uma oportunidade de fazer isso, todos os astros se alinharem e eu não fizer… Eu diria que estou em meus melhores anos, vou me arrepender quando chegar aos 50? Eu não sei" – disse St-Pierre em entrevista à ESPN americana.

Khabib também tem o intuito de se aposentar com um cartel invicto de 30 vitórias. Para isso, bastam mais dois triunfos, com uma luta já marcada contra Justin Gaethje para o próximo dia 24. Em julho, Dana White admitiu a possibilidade de realizar o duelo contra St-Pierre como um presente de despedida para Khabib.

St-Pierre ainda destaca o fator que pode desequilibrar o confronto. Enquanto Khabib é da categoria até 70,3kg, o canadense competiu pelas divisões até 77,1kg e 83,9kg. Ele entende que, para a luta com Khabib sair do papel, o duelo não pode ser no peso habitual do russo. "Faz muito tempo que não perco peso. Se eu cair para 70,3kg (peso-leve), meu desempenho acaba ficando comprometido. Eu sei que Khabib é quase do mesmo tamanho que eu. Isso é uma vantagem para ele. Se cortarmos mais peso, ele será capaz de se recuperar mais do que eu. Ele já está acostumado, nunca fui um grande fã do corte de peso. Mesmo quando eu era meio-médio, tinha 83kg (peso-médio)" — explicou St-Pierre.