Conteúdo

Fórmula 1 renova contrato com o GP da Austrália até 2035

16 de junho de 2022

(por Mattheus Prudente)

Um dos lugares mais históricos da Fórmula 1, a Austrália vai continuar com uma corrida da categoria até 2035. A categoria anunciou uma renovação de contrato do GP do país, realizado no Albert Park, em Melbourne, por pelo menos mais 13 anos. 

O GP da Austrália tem o atual contrato indo até 2025, com uma extensão de 10 anos começando depois disso. Esses grandes contratos devem ficar cada vez mais comuns nos próximos anos, já que começa a existir uma grande competição dos países pelo seu lugar no calendário da Fórmula 1, que fica cada vez mais apertado. 

A Austrália realiza eventos da Fórmula 1 desde 1985, com Adelaide sendo o local antes de Melbourne assumir em 1996. Apesar de toda a história de Albert Park, o GP da Austrália poderia ser realizado em outro lugar, já que, segundo informações no país, estava sendo preparado um circuito em Sydney para oferecer para a F1. O acordo firmado, porém, acaba com essa possibilidade por enquanto. 

Com o GP da Austrália ficando até 2035, isso quer dizer que pelo menos uma corrida na Oceania vai ser realizada nos próximos anos, fazendo parte dos planos da Fórmula 1 de ter pelo menos uma corrida em cada continente do mundo. No ano que vem, a categoria vai estrear os novos GPs de Las Vegas e Catar, e está perto de anunciar o retorno do GP da África do Sul, em Kyalami, para 2023. 

Isso quer dizer que alguns GPs na Europa estão ameaçados de sair do calendário, como é o caso do GP da França, realizado em Paul Ricard, e o GP da Bélgica, no icônico circuito de Spa-Francorchamps.