Conteúdo

Fórmula 1 confirma entrada do Catar no calendário em 2021; país volta a ter corridas em 2023

30 de setembro de 2021

(por Mattheus Prudente)

A Fórmula 1 confirmou a corrida que faltava para fechar o seu calendário em 2021. A maior categoria de automobilismo do mundo vai correr no Catar, no já famoso circuito de Losail, em Doha. Essa será a 20ª corrida do calendário da F1 neste ano. 

O circuito de Losail é conhecido, principalmente, por receber categorias de MotoGP desde 2004, além da WTCC e da WSBK. Essa será a primeira vez que a Fórmula 1 vai correr no Catar na história, e o país assinou um contrato de 10 anos para ser parte integral do calendário a partir de 2023, segundo anunciado pela própria F1. 

Losail entra no calendário 2021 depois do cancelamento do Grande Prêmio da Austrália, que deveria acontecer na metade de novembro após ter sido adiado no começo do ano, por conta da pandemia da COVID-19. Ela será a primeira de três corridas no Oriente Médio para fechar a temporada, logo após a volta nas Américas. Ou seja, o Catar será encaixado entre o GP de São Paulo e o GP da Arábia Saudita. 

Das sete corridas finais da Fórmula 1, apenas Catar e Turquia não são do calendário original, já que a Turquia está suprindo a vaga deixada por Cingapura, também cancelada. A Liberty Media já demonstrou o interesse em fazer um calendário com 25 corridas a partir de 2023. Mantendo a configuração original atual, que tinha 23 etapas, com as adições do circuito de Miami e Doha, esse número já estaria fechado. 

A partir de 2023, no entanto, não se sabe se a Fórmula 1 continuará correndo em Losail, pois estão explorando localidades no Catar para a realização da corrida a partir do começo do contrato de 10 anos. O calendário da F1 continua no Gp da Turquia, no fim de semana entre o dia 8 e 10 de outubro. 

Losail está confirmada para o fim de semana entre o dia 19 e 21 de novembro.