Conteúdo

Ferrari diz que resultados na pista definirão o primeiro piloto da equipe no ano que vem

27 de dezembro de 2021

(por Rafael Lima)
 

Para muitos a Ferrari tem a melhor dupla de pilotos da Fórmula 1 e a própria escuderia acredita nisso. Este fator fez o chefe da equipe Mattia Binotto, não definir o primeiro piloto para a próxima temporada. “Em termos de pilotos, como já repetimos várias vezes, acho que a pista vai ditar a lei. A equipe sempre será a prioridade, mas não há dúvida de que se conseguirem disputar uma posição importante no campeonato, serão os acontecimentos para dizer quem estará na liderança [da equipe]”, disse Binotto ao Motosport.com.

Com Leclerc sendo o primeiro piloto em 2021, mas ficando 5,5 pontos atrás de Sainz no campeonato, Binotto acabou definindo que a hierarquia entre os pilotos será definida a cada resultado. Apesar disso, o chefe do time rasgou elogios ao monegasco e até relativizou a posição de Leclerc no campeonato. “Posso dizer que estou muito feliz por ter visto o progresso que Charles fez nesta temporada. Acho que ele sempre foi de alguma forma muito rápido nas classificações, mesmo na última parte da temporada, quando Carlos o desafiava mais. Mas não podemos esquecer os dois abandonos em Mônaco e Budapeste que fizeram a diferença. Nessas ocasiões ele teve azar”, explicou. “Sem esses abandonos é difícil dizer onde ele teria terminado, mas talvez tenham faltado pelo menos 40 pontos em sua classificação, caso contrário Leclerc estaria muito à frente no campeonato. Charles aprendeu muito na corrida como manejar os pneus e conseguiu adaptar o ritmo da corrida às situações. Só posso ficar bastante feliz com o progresso que ele fez”, concluiu.