Conteúdo

Ferrari acredita que nova asa traseira melhorou velocidade de reta em relação à Red Bull

15 de junho de 2022

(por Mattheus Prudente)

Apesar dos problemas vividos no GP do Azerbaijão, onde os dois pilotos abandonaram a corrida, a Ferrari acredita que nem tudo foi ruim no fim de semana. O chefe da equipe, Mattia Binotto, afirmou que a nova asa traseira utilizada em Baku melhorou a velocidade de reta e diminuiu a desvantagem para a Red Bull. Por isso, ela deve ser utilizada em várias corridas com setup para longas retas, como é o caso de Montreal. 

“Eu acho que nesse nível de downforce nós não temos uma desvantagem tão grande para a Red Bull. As velocidades estavam bem parecidas, tanto com o DRS ligado, na classificação, quanto com ele desligado enquanto estávamos tentando defender a posição de Max (Verstappen). Então, no geral, acho que a asa traseira está funcionando bem, e acho que podemos usá-la sem problemas.” Disse Binotto. 

Apesar do bom desempenho da equipe na reta de Baku, a confiabilidade foi o maior problema, já que Charles Leclerc liderava a corrida quando acabou sofrendo uma quebra de motor. Antes disso, Carlos Sainz também teve um problema mecânico, sendo identificado como hidráulico, que o fez abandonar a corrida. Binotto disse que a equipe “ainda tenta entender” qual foi o problema. 

Com esses problemas, a Ferrari vai para o Canadá tendo que descontar o prejuízo que está sofrendo em relação à Red Bull nas últimas corridas. A equipe italiana perdeu a liderança e viu seus rivais abrirem vantagem no campeonato de construtores, enquanto vê Max Verstappen e Sergio Pérez sendo os dois primeiros do campeonato de pilotos, com Leclerc em terceiro. 

Mesmo assim, Binotto diz que a equipe continuará unida para disputar o título até o final. 

“Eu não posso culpar a equipe, pois eu sei de todo o trabalho que eles fazem para melhorar nosso desempenho. Eu sei que é uma longa jornada. Nós não nos empolgamos no começo da temporada, e não vamos ficar desmotivados agora. Como eu disse, estamos em uma jornada, e existem outros passos que precisam ser dados agora. Eu acho que, como equipe, vamos continuar juntos e trabalhar duro.” Completou Binotto. 

O Gp do Canadá acontece neste fim de semana, apenas uma semana depois do GP do Azerbaijão.