Conteúdo

Executivo do Phoenix Suns se declara homosexual: ‘Meu objetivo é normalizar’

25 de junho de 2022

(por Layo Lucena)

Em uma publicação da ‘ESPN’ norte-americana, Ryan Resch, executivo do Phoenix Suns, se declarou homosexual, se tornando o primeiro gay na história da NBA a trabalhar no departamento de basquete de um front office.

Resch, de 29 anos, é o vice-presidente de estratégia e avaliação do Phoenix Suns.

"Meu maior objetivo é normalizar para as pessoas dentro e fora da liga a existência de homens e mulheres gays no basquete", disse Resch à ESPN.

Em 2011, Rick Welts, que era presidente e CEO dos Suns na época, se assumiu gay. Ele foi então considerado o primeiro homem em uma posição de destaque nos esportes masculinos a se assumir gay. Ele fazia parte das operações comerciais da equipe.

Ao ser perguntado sobre o porquê de não haver nenhum jogador em atividade homosexual na NBA, Resch respondeu: “Sou extremamente afortunado que meu risco seja completamente diferente da percepção de risco que criei na minha cabeça. Mas para um jogador que está preocupado em arriscar patrocínios, ou contratos milionários, ou lidar com questões da mídia ou questões durante uma disputa por uma vaga nos playoffs, isso é difícil. Nós não necessariamente fornecemos às pessoas nesta indústria a privacidade, tempo ou espaço para se sentirem confortáveis ​​com quem elas são."