Conteúdo

Ex-Jaguars, jogador do Carolina Panthers é preso após ameaçar matar ex-namorada

19 de abril de 2022

(por Layo Lucena)

Damien Wilson, do Carolina Panthers, foi preso na semana passada em Frisco, Texas. O linebacker é acusado de ameaçar matar a ex-namorada, segundo o ‘Dallas Morning News’.

Wilson, de 28 anos, que assinou com os Panthers há um mês, é acusado, também, por agressão corporal a um membro de sua família, de acordo com Stephen Bryom, Sargento da Polícia de Frisco.

A ex-namorada de Wilson, Ryan Sokolosky, disse ao Dallas Morning News que depois que ela terminou com Wilson, o jogador apareceu bêbado em seu apartamento e ameaçou matá-la com uma chave de roda. Ela disse que ele também destruiu seu laptop envolvendo-o em um cobertor e jogando-o no chão, dizendo que foi seu gato. Wilson também tentou atropelá-la antes de sair, Sokolosky disse.

Sokolosky deu permissão para que seu nome fosse usado. Ela disse que obteve uma ordem de proteção contra Wilson.

"Ele acha que tudo isso é uma piada porque é rico e acha que vai se livrar de tudo", afirmou ao jornal.

O advogado de Wilson, Toby Shook, nega todas as acusações.

"Damien Wilson não cometeu nenhum tipo de agressão", disse Shook ao jornal. "Estamos ansiosos para que todos os fatos sejam divulgados para que seu nome possa ser limpo".

Em 2017, Wilson foi acusado de brandir uma espingarda e ameaçar os guarda-costas do lado de fora de um estádio de futebol. Ele foi preso em duas acusações de agressão agravada com uma arma mortal. Um grande júri se recusou a indiciar Wilson.

O Dallas Cowboys selecionou Wilson no draft de 2015, onde jogou por quatro temporadas. O defensor também passou dois anos no Kansas City Chiefs, participando do elenco vencedor do Super Bowl, e atuou na temporada passada no Jacksonville Jaguars.