Conteúdo

Estados Unidos se classificam após vitória sobre a República Tcheca com recorde quebrado por Kevin Durant

31 de julho de 2021

(por Diego Dias)

Os Estados Unidos parecem ter se reencontrado com o bom momento nos Jogos Olímpicos ao obterem a segunda vitória seguida no torneio de basquete, desta vez sobre a República Tcheca, na última rodada da fase de grupos. Com o resultado, os EUA garantem um lugar nas quartas-de final ao ficarem em segundo no grupo A atrás da França, que passou pelo Irã e ficou com 100% de aproveitamento.

Jayson Tatum foi o cestinha do confronto com 27 pontos, mas o destaque foi Kevin Durant. A estrela do Brooklyn Nets se tornou o maior pontuador do USA Team em Olimpíadas, superando Carmelo Anthony. Zach lavine (13 pontos), Jrue Holiday (11) e JaVale McGee (10) foram outros com boa contrinuição. Pelos tchecos, que ficaram em terceiro no grupo e agora esperam a definição da fase de grupos para confirmar uma vaga pelo índice técnico, o principal pontuador foi Blake Schilb com 17. Ondřej Balvin (15 pontos), Jan Veselý (13) e Tomás Satoranský (12), este o único do time tcheco a atuar na NBA (Chicago Bulls) também tiveram destaques.

O time tcheco até intimidou os norte-americanos com um bom início de partida, convertendo 65% dos arremessos e abrindo dez pontos de vantagem (19x9). Mas Durant completou a reação dos EUA no segundo quarto com uma cesta de três pontos que deu à equipe a primeira liderança do duelo (34x33). Os atuais campeões olímpicos ainda ampliaram a diferença para 7 pontos anes de fecharem a primeira metade com 47x43 favorável.

Os Estados Unidos tomaram conta da partida a partir do terceiro quarto. Durant foi o responsável pelas melhores ações ofensivas e com outra cesta de longa distância estabeleceu seu recorde de pontos pela seleção, que engatou uma run de 22x6 para encerrar o período com 22 de vantagem (82x60). Nos dez minutos finais, os reservas entraram em quadra e apenas administraram o belo resultado.

Final: Estados Unidos 119 x 84 República Tcheca

Os EUA garantiram uma das 4 melhores campanhas e evitará um confronto contra França, Austrália e o vencedor de Espanha e Eslovênia (que se enfrentam neste domingo (01) ao menos até as semifinais. Já a República Tcheca torce contra a Argentina (que encara o Japão também no domingo) para confirmar a classificação como um dos dois melhores terceiros colocados.