Conteúdo

Esquenta UFC Santos vs Teixeira

7 de novembro de 2020

(por Leonardo Costa)

O UFC entra em ação com mais um evento, e dessa vez com disputa brasileira na luta principal. Thiago Marreta e Glover Teixeira se enfrentam pelos meio-pesados, enquanto que na co-luta principal os peso-pesados Andrei Arlovski e Tanner Boser promete outro embate de poder. O card do UFC Vegas 13 ainda conta com os brasileiros Raoni Barcelos, Claudinha Gadelha e Marcos Pezão, e o esquenta de todas as lutas você acompanha a seguir.

 

Thiago "Marreta" Santos x Glover Teixeira

Glover Teixeira é um dos raros casos de lutadores em que conseguem lutar em alto nível mesmo depois dos 40 anos. Evidente que seus reflexos e velocidade não devem ser mais os mesmos de alguns anos atrás, mas sua experiência e dedicação fazem com que, mesmo aos 41 anos, siga sendo perigoso e detenha a 3ª colocação do ranking dos meio-pesados. Glover vem de quatro vitórias seguidas, sobre Karl Roberson, Ion Cutelaba, Nikita Krylov e, mais recentemente, Anthony Smith, e contra Thiago Marreta espera sair vitorioso e voltar à disputa de cinturão.

Por sua vez, Thiago Marreta vem de vender caro sua derrota para Jon Jones por decisão dividida no UFC 239, mas antes disso tinha uma sequência de 8 triunfos em 9 lutas. Das oito vitórias recentes, sete delas foram por nocaute, uma delas contra Jan Blachowicz, atual detentor do cinturão da divisão. Marreta vem de um longo período de inatividade após cirurgia de reparação do ligamento do joelho esquerdo e contra Glover será sua volta ao octógono após 16 meses sabendo que a vitória o coloca novamente como postulante ao título.

No duelo de brasileiros, uma das incógnitas é saber como Glover suportará uma possível luta de 5 rounds, não apenas pelo físico, mas na parte de absorver golpes. Contra Marreta ele precisa diminuir a distância, evitar a trocação franca e aproveitar uma possível ferrugem do rival. Porém, o favoritismo está mesmo do lado de Thiago Marreta, que pode até sentir um pouco a falta de ritmo, mas pelo que vem demonstrando deve sair com o triunfo. Provavelmente o embate não dure os 25 minutos previstos.

 

Andrei Arlovski x Tanner Boser

Veterano de mil batalhas, Arlovski fez sua estréia no UFC há 20 anos, no distante UFC 28, quando Boser, seu rival, tinha apenas nove anos. Naquele evento, "The Pitbull" foi o único a vencer por finalização, mas de lá para cá o bielorusso de 41 anos se especializou mesmo em nocautear, sendo 17 de suas 27 vitórias dessa forma. Seus últimos anos na organização não tem sido dos melhores, mas em seu mais recente combate surpreendeu o brasileiro e estreante Philipe Lins, ao vencer por decisão unânime.

Curiosamente, Philipe Lins também foi o último adversário de Tanner Boser, e o canadense levou a melhor. O ano de 2020 de Boser tem sido excelente, e além de vencer Philipe, nocauteou Raphael Pessoal menos de um mês depois, e agora contra Arlovski vai para seu terceiro combate no ano. Contra seu bom momento vivido, com 3 vitórias em 4 lutas, Boser tem o fato de ser pouco testado, diferente de seu rival, e por isso o embate deste sábado pode ser um divisor de águas em sua carreira.

Em uma luta de três rounds, a idade de Arlovski não deve ser o maior dos problemas, ainda mais com o domínio de octógono que ele tem. "The Pitbull" traz uma bagagem de vitórias sobre grandes nomes da divisão, algo com que Boser nem passa perto de ter. Entretanto, se tratando de uma luta do peso-pesado, principalmente, um golpe conectado por dar fim ao duelo, e é essa a aposta que Boser deve fazer, de preferência no começo do duelo, porque seu físico deve aguentar menos que do seu rival.

 

Raoni Barcelos x Khalid Taha

Ainda pelo card principal, Raoni Barcelos enfrenta o alemão Khalid Taha em luta válida pelos galos. Aos 33 anos, o brasileiro espera seguir invicto no UFC, na qual venceu suas quatro lutas até agora, e não sabe o que é perder desde 2015. Seu rival vem de um no-contest em seu último duelo, quando foi pego no doping pelo uso de furosemida, mas antes disso tinha uma vitória e uma derrota na organização. Barcelos entra como favorito no confronto, com mais habilidades, e uma vitória deve lhe render uma posição no top-15 da divisão.

 

Claudia Gadelha x Yan Xiaonan

Abrindo o card principal do UFC Vegas 13, a potiguar Cláudia Gadelha terá uma pedreira pela frente, a chinesa e invicta no UFC, Yan Xiaonan. A brasileira tem passado por altos e baixos na organização, e tem tido na constância durante as lutas seu maior problema. Sua adversária é especialista em kickboxing e sabe utilizar muito bem suas combinações, além de evoluir a cada luta seu wrestling. A consistência de Xiaonan o deixa como favorita, mas Claudinha pode sair com a vitória caso possa pressionar com eficiência desde o começo sem baixar muito o ritmo.

 

Marcos Rogério de Lima x Alexander Romanov

O brasileiro Marcos "Pezão" enfim vai lutar contra Alexander Romanov após alguns adiamentos. Um dos participantes do TUF Brasil 3, Pezão tenta emplacar sua vitória consecutiva, pois vem de triunfo contra Ben Sosoli em fevereiro deste ano. Romanov, por sua vez, não sabe o que é perder na carreira em 12 lutas, com nenhuma delas chegando até a decisão dos juízes. Estreou no UFC em 2020, com vitória recente por finalização contra Roque Martínez, e entra como favorito diante do brasileiro.

 

Outros combates 

 

Card Principal

Ian Heinisch x Brendan Allen


Card Preliminar

Trevin Giles x Bevon Lewis

Giga Chikadze x Jamey Simmons

Derren Elkins x Luiz Garagorri

Max Griffin x Ramiz Brahimaj

Gustavo Lopez x Anthony Birchak

 

O canal Combate transmite o evento para o Brasil a partir das 21h