Conteúdo

Esquenta UFC 253 - O que esperar do evento que possui duas disputas de cinturão

26 de setembro de 2020
1h 20

(por Murilo Paiva)

É chegada a hora de finalmente tirarmos a limpo uma das maiores rivalidades que presenciamos atualmente no mundo do MMA. Nesse sábado, irá acontecer o UFC 253 Israel Adesanya x Paulo "Borrachinha". Uma batalha que com certeza irá tremer a Ilha da luta em Abu Dhabi. No co-evento, teremos também a disputa pelo cinturão do título vago do peso Meio-Pesado entre lutadores top da categoria: Dominick Reyes x Jan Blachowicz. A noite também contará com outros brasileiros. Ketlen Vieira enfrenta Sijara Eubanks. Alex da Silva pega Brad Riddell. Danilo Marques vai pra cima de Khadis Ibragimov.

Israel Adesanya x Paulo Costa

Stop talking. Let’s fight! Depois de trocarem muitos “carinhos” pela internet, chegou o dia de descobrimos quem vai mandar no Peso-Médio: Israel “Stylebender” Adesanya ou Paulo Costa Borrachinha. O nigeriano naturalizado neozelandês chega para o confronto invicto. São 19 vitórias, sendo 14 por nocaute e 5 por decisão. Ele conquistou o cinturão contra Robert Whittaker e vem colecionando vitórias contra grandes nomes da categoria, como: Kelvin Gastelum, Yoel Romero e a lenda Anderson Silva. Dono de um estilo único de luta, Adesanya sempre trás alguns movimentos novos em suas lutas e aposta em sua ótima resistência no octógono.  O nosso brasileiro Paulo Borrachinha chega empolgado para o confronto e também invicto. São 13 vitórias, sendo 11 por nocaute, 1 por finalização e 1 por decisão dos juízes. Borrachinha já mostrou ao mundo do MMA que merece sim, uma luta por cinturão. Borrachinha é um lutador que tem como característica a explosão e o bom vigor físico. Bate duro. Com certeza será uma luta muito movimentada, com essa rivalidade apimentando ainda mais o combate. Adesanya deverá utilizar dos seus jabs e chutes, mantendo a distância. Já o brasileiro vai para cima, visando o nocaute. Luta parelha, mas apostamos que o cinturão vem para o Brasil.


Dominick Reyes x Jan Blachowicz

A 2ª luta mais importante da noite, também será por cinturão. Colocará em rota de colisão dois lutadores que costumam dar show ao subir no octógono. Dominick “The Devastator” Reyes x Jan Blachowicz, pelo Peso-Meio Pesado. Depois de um longo domínio da categoria, Jon Jones decidiu abrir mão do título para se arriscar na categoria de cima. E isso deixou a divisão muito mais interessante. The Devastator já venceu grandes nomes: Chris Weidman, Volkan Oezdemir, Ovince St. Preux e Jared Cannonier foram alguns nomes que sucumbiram a mão pesada de Dominick. Reyes chega como o favorito ao título. Não somente pelos números (12 vitórias e apenas 1 derrota) mas pela grande exibição contra o ex-campeão da categoria Jon Jones. Quem viu a luta pôde observar um Reyes ligado no 220V, partindo pra cima e vencendo inclusive os primeiros rounds. Mas não podemos subestimar Jan Blachowicz. O polonês, mais experiente, chega com um cartel de 26 vitórias, sendo 7 por nocaute, 9 por finalização e 10 por decisão dos juízes, além de 8 derrotas. Blachowicz também enfrentou os tops da categoria. Nomes como Corey Anderson, Ronaldo Jacaré, Jimi Manuwa e Jared Cannonier, foram superados pelo polonês. Será uma verdadeira guerra. Ambos os lutadores são conhecidos por serem excelentes strikes e sempre caminharem para frente. Luta dura, mas Reyes deve se tornar o novo campeão.

Brasileiros em ação

Ketlen Vieira x Sijara Eubanks

Após passar 21 meses afastada do octógono lidando com lesões entre 2018 e 2019, a “Fenômeno” Ketlen Vieira voltou à ação no último mês de dezembro, quando acabou perdendo a invencibilidade na carreira ao ser nocauteada por Irene Aldana. Agora, ela vai em busca de reabilitação no duelo com a norte-americana Sijara Eubanks, que vem de vitórias seguidas sobre Julia Avila e Sarah Moras. Acreditamos que a brasileira tem mais ferramentas para levar a vitória.


Alex da Silva x Brad Riddell

Alex “Leko” estreou no Ultimate em abril de 2019 sendo superado pelo russo Alexander Yakovlev, mas se redimiu quatro meses depois ao vencer Rodrigo Vargas no Uruguai; em sua terceira apresentação na organização, ele encara o neozelandês Brad Riddell, que está invicto em duas lutas no octógono com triunfos sobre Jamie Mullarkey e Magomed Mustafaev. Luta difícil. Riddell é o favorito.


Danilo Marques x Khadis Ibragimov

Parceiro de treinos dos veteranos Mauricio Shogun e Demian Maia, o meio-pesado Danilo Marques faz sua estreia no octógono na Ilha da Luta em duelo com o russo Khadis Ibragimov, que busca seu primeiro triunfo na organização após sofrer derrotas consecutivas para Da-un Jung, Ed Herman e Roman Dolidze. Apostamos no bom jogo de chão do brasileiro para levar a vitória.
 

UFC 253

26 de setembro de 2020, na Ilha da Luta, em Abu Dhabi

CARD PRINCIPAL (23h, horário de Brasília)
Peso-médio: Israel Adesanya x Paulo Borrachinha
Peso-meio-pesado: Dominick Reyes x Jan Blachowicz
Peso-mosca: Kai Kara-France x Brandon Royval
Peso-galo: Ketlen Vieira x Sijara Eubanks
Peso-pena: Hakeem Dawodu x Zubaira Tukhugov

CARD PRELIMINAR (20h, horário de Brasília)
Peso-leve: Brad Riddell x Alex Leko
Peso-meio-médio: Diego Sanchez x Jake Matthews
Peso-pena: Shane Young x Ludovit Klein
Peso-meio-pesado: William Knight x Aleksa Camur
Peso-pesado: Juan Espino x Jeff Hughes
Peso-meio-pesado: Khadis Ibragimov x Danilo Marques

O tão esperado UFC 253 será transmitido para o Brasil pelo canal Combate.