Conteúdo

Empolgou! Kai Kara-France quer enfrentar Deiveson Figueiredo e mostrar que é o novo “Deus da Guerra”

31 de março de 2022

(por Rafael Lima)
 

Kai Kara-France tirou a invencibilidade de Askar Askarov no evento do último fim de semana, em Columbus, e se credenciou a ser o novo desafiante ao cinturão peso-mosca do UFC, caso não haja um quarto combate entre Deiveson Figueiredo e Brandon Moreno.

Kara-France, demonstrou predileção por enfrentar o atual dono do cinturão, o ‘Deus da Guerra’ brasileiro. “Ambas as lutas seriam ótimas lutas para mim, mas eu adoraria enfrentar Figueiredo. O jeito que ele intensifica a luta, o seu estilo, as pessoas realmente acham que ele é o ‘Deus da Guerra’. Mas quero mostrar a ele que estou em outro nível e que há um novo ‘Deus da Guerra’ no pedaço, e sou eu. Quero ficar em cima dele e bater. Quero testá-lo. Acho que posso nocauteá-lo, e imagine fazer isso no Marvel Stadium, em Melbourne, 60 mil pessoas, fazendo minha entrada, me alimentando daquela energia e jogando em cima dele”, disse o neozelandês.

Além disso, o peso-mosca falou de sua rixa com Henry Cejudo e Eric Albarracin, que possuem rivalidade com a academia de Kara-France, a City Kickboxing, mesma de Israel Adesanya. “Eles obviamente se sentiram desrespeitados pelo Izzy quando ele nocauteou Costa, e teve uma pequena troca de farpas ali. Então eles ficam dizendo, 'Aceitamos esta luta Kai x Figgy (apelido de Figueiredo nos EUA), queremos que Izzy esteja no córner também.' Eu adoraria nocautear Figgy perante Cejudo e mostrar para ele que aquele menino tímido e jovem que ele treinou no TUF não é mais o mesmo. Eu cresci, amadureci e sou um veterano agora”, falou Kai Kara-France.

Para encerrar, o atual número 2 da categoria falou sobre a possibilidade de enfrentar qualquer um dos dois melhores ranqueados entre os moscas. “Ambos os campeões querem me enfrentar. Os dois estão dizendo, ‘Não quero lutar pela quarta vez, quero enfrentar este cara.’ Então estou com a faca e o queijo nas mãos. (...) Acho que os fãs querem ver uma cara nova. Eles querem ver uma nova luta, então deixem-me enfrentar Figgy e, depois que eu passar dele, eu enfrento o Moreno”, finalizou.