Conteúdo

Em ritmo de ‘Oktoberfest’, o Bayern de Munique massacra o Bochum na Allianz Arena e irá dormir na liderança da Bundesliga

18 de setembro de 2021

(por Daniel Morales)

Na Allianz Arena, em Munique, o Bayern recebeu o Bochum em ritmo de ‘Oktoberfest’, já que estreava um uniforme em homenagem ao tradicional evento alemão. E jogando de verde escuro, os comandados de Julian Nagelsman não tomaram conhecimento da equipe visitante e massacrou por 7x0.

Foi muito fácil! Entretanto, até sair o primeiro gol, a partida estava bastante disputada e com o Bochum ocupando mais a área do Bayern de Munique e cercando a área de Manuel Neuer. E os visitantes assustaram em chute colocado de Holtmann que forçou Neuer a fazer uma grande defesa, mandando a bola para escanteio.

Mas a graça dos visitantes acabou por aí, e aos 17’ minutos do primeiro tempo, depois de Losilla cometer falta em Gnabry perto da entrada da área, Leroy Sané cobrou a bola parada e contou com a ajuda da barreira que abriu, inaugurando o placar com um belo gol. Um a zero Bayern de Munique.

E após o primeiro gol, a porteira abriu de vez! O time de Julian Nagelsman tomou conta da partida e ditou o ritmo da peleja. Aos 27', Joshua Kimmich recebeu o passe de Sané livre de marcação na grande área ao ponto de ter tempo para girar o corpo e “fuzilar” para o gol.

Era o segundo, mas o terceiro não demorou muito. Gnabry, que após receber lindo passe de Thomas Müller, venceu o marcador na corrida e, com um belo chute rasteiro, bateu o goleiro Riemann. Sem fazer muito esforço, o Bayern de Munique construiu mais uma goleada.

O vareio aumentou antes do final da primeira etapa, depois do zagueiro Lampropoulos entrar em “pane” e se assustar com a chegada de Lewandowski. O defensor acabou tocando para o próprio gol. Além de atacar e chegar na área de seu adversário com extrema facilidade, o Bayern ainda teve a colaboração do zagueiro rival que com gol contra ampliou o placar e a goleada. Final do primeiro tempo com quatro a zero para os donos da casa.

Intervalo: Bayern de Munique 4 x 0 Bochum

Na segunda etapa, Julian Nagelsman em visto de já ter garantido a vitória no primeiro tempo, usou os últimos quarenta e cinco minutos para rodar seu elenco e testar alguns jovens jogadores. A primeira mudança foi à entrada de Omar Richards no lugar do canadense Alphonso Davies. E mesmo com as mexidas de Nagelsman e com o Bayern supostamente retirando um pouco o pé do acelerador, os bávaros seguiram fazendo gols como se não houvesse amanhã. Aos 16’ do segundo tempo, Lewandowski deixou o dele após boa troca de passes com Gnabry. O atual Melhor do Mundo fez o quinto gol, Kimmich fez o sexto aos 20’ minutos, e, para fechar a tampa do caixão e a goleada, Choupo-Moting fez o sétimo após Riemann fazer duas defesas sensacionais. Thomas Müller ainda fez o oitavo, entretanto o gol foi anulado devido o VAR assinalar impedimento do craque alemão. E com extrema facilidade e sem fazer muito esforço, o Bayern de Munique chegou a mais uma goleada nesse início de temporada na Europa.

Final: Bayern de Munique 7 x 0 Bochum

Quem para o Bayern de Munique? O time de Julian Nagelsman, após fazer 4x1 no Red Bull Leipzig e 3x0 no Barcelona, pintou o sete no fraco Bochum, que é forte candidato ao rebaixamento na Bundesliga. Nos últimos quatro jogos foram 19 gols feitos e apenas um sofrido.

O time comandado pelo jovem Julian Nagelsman consegue ter o equilíbrio de ser extremamente agressivo no ataque, seja pelas pontas com Alphonso Davies e Sané pelo lado esquerdo e Pavard e Gnabry do lado direito, e ainda contando com uma máquina de gols chamada Robert Lewandowski. Além disso, é sólido defensivamente com zagueiros de alto nível como Lucas Hernandez e Upamecano, que por sinal no jogo de hoje foi poupado, e Suele que entrou no lugar do zagueiro francês e deu conta do recado. Além, claro, de ter um dos melhores goleiros do mundo, Manuel Neuer.

O Bayern de Munique volta a campo na próxima sexta-feira (24), onde visitará mais um time que deve brigar para não ser rebaixado, o Greuther Fürth às 15hs30 (horário de Brasília).