Conteúdo

Em jogo estranho, Napoli vence a Atalanta fora de casa e encosta no líder Milan

3 de abril de 2022

(por Layo Lucena)

No estádio Atleti Azzurri d’Italia, a Atalanta, sexta colocada, recebeu o vice-líder do Campeonato Italiano, a Napoli.

Em resumo, a partida foi bem “estranha”. A Atalanta pressionou, tanto com a bola quanto sem, criou muitas chances de gol, chegando a ter o dobro de finalizações que o adversário; porém, quem se aproveitou foi o Napoli. Os visitantes não atacaram muito, mas foram extremamente cirúrgicos nos contra-ataques.  Em poucos passes os ‘Azuis’ saiam de frente com o goleiro Musso. Lorenzo Insigne e Dries Mertens, quando tiveram a oportunidade, “infernizaram” a defesa da Atalanta.

Os mandantes assustavam ao pressionar a saída de bola do Napoli, e a estratégia funcionou com perfeição no primeiro tempo. No entanto, o time, ou não soube aproveitar as oportunidades, ou parou em David Ospina, que, também, fez grande partida.

Vitória importantíssima para o Napoli, que está muito “forte” na disputa pelo título do campeonato, algo que não acontece há 32 anos. Os ‘Azuis’ estão empatados na liderança da competição com o Milan, que ainda joga na rodada.

A Atalanta terminou o jogo com 56% de posse e com 19 finalizações, sendo três em direção ao gol; já o Napoli teve 44% de posse e chutou seis vezes, sendo cinco em direção ao gol.

Domínio da Atalanta, gol do Napoli

Nos primeiros minutos de jogo, tivemos um Napoli completamente perdido em campo. Os visitantes não conseguiam sair de dentro da própria, já que a Atalanta apertava muito a saída de bola. Os mandantes chegaram a roubar a bola três vezes seguidas ainda no campo defensivo do Napoli.

Com o domínio nas primeiras ações do jogo, a Atalanta quase abriu o placar com Malinovskyi. O camisa 18 achou um espaço entre os zagueiros do Napoli, e o atacante ficou muito próximo de marcar, de cabeça, mas parou em Ospina.

Na primeira vez que conseguiu sair da pressão adversária, Mertens é derrubado na área pelo goleiro Musso. Após consulta no VAR, o árbitro deu o pênalti. Insigne assumiu a responsabilidade e fez o primeiro gol da partida. Um a zero Napoli.

Depois do gol, a Atalanta voltou a dominar, mas foi o Napoli que assustou. Aos 32', Mário Rui tentou de fora da área, e o goleiro Musso fez uma "ponte" e segurou a bola. Pouco tempo depois, o Napoli ampliou com Politano. Em uma cobrança de falta ensaiada, Insigne cruzou e o camisa 21 finalizou de primeira. Dois a zero Napoli. A defesa da Atalanta "dormiu" no lance.

Atalanta ‘aperta’, Napoli amplia

A segunda etapa começou e a Atalanta voltou dos vestiários com a mesma estratégia, porém com jogadores ainda mais ofensivos. Boga, que entrou no intervalo, quase empatou, mas o atacante, sozinho, errou a finalização e isolou a bola.

O ataque da Atalanta finalmente rendeu resultado. A equipe da casa diminuiu com Marten de Roon, aos 58’. Miranchuk, jogador ucraniano, fez um perfeito cruzamento, e o camisa 15 cabeceou; sem chance para Ospina. Boga, aos 75', quase empatou para a Atalanta, porém Ospina fez grande defesa

Em contra-ataque mortal, aos 81’, Lozano puxou o sistema ofensivo e achou Elmas livre na ponta esquerda. O camisa sete dominou e finalizou (primeira do Napoli no segundo tempo). Três a um Napoli.

Lozano, já nos acréscimos, teve a chance de matar, mas a bola passou muito próximo do gol de Musso. Sem muito tempo sobrando, a Atalanta optou por tirar os principais jogadores, com o objetivo de descansá-los para a partida do meio de semana pela Liga Europa.

Fim de jogo: Atalanta 1 x 3 Napoli

Com o resultado fora de casa, o Napoli chega a 66 pontos na temporada, o mesmo número de pontos do líder Milan. Na próxima rodada os ‘Azuis’ vão receber a Fiorentina, no dia 10. Já a Atalanta, ainda na sexta colocação, após a partida contra o RB Leipzig pela Liga Europa, vai visitar o Sassuolo, no dia 10.