Conteúdo

Em jogaço de 5 gols, Villarreal vence Atalanta em Bérgamo e avança para o mata-mata da Champions

9 de dezembro de 2021

(por Cassiano Pinheiro)

O Grupo F, um dos mais disputados dessa edição da Champions, teve a sua definição um dia depois de todos os outros. Devido ao mau tempo e muita neve, Atalanta e Villarreal não puderam se enfrentar na quarta-feira (08/12), e assim, o jogo foi adiado para hoje (09/12). 

O gigante Manchester United, mesmo com muito sofrimento em praticamente todas as partidas dessa fase, conseguiu se garantir na primeira posição, mas o segundo lugar reservou uma grande disputa entre dois bons times que reservam algumas semelhanças.

Atalanta e Villarreal são times pequenos/médios que vem desempenhando um grande papel nos últimos anos; os espanhóis até há mais tempo, porém com um hiato de alguns anos abaixo. São duas equipes que provam que planejamento e trabalho duro ainda recompensam no futebol. 

A situação para a última rodada era a seguinte: o Villarreal tinha um ponto a mais e jogava no mínimo pelo empate para avançar para o mata-mata. Já para a Atalanta, só a vitória interessava, e os italianos tinham a “vantagem” de jogar em casa.

O submarino amarelo começou com tudo e aplicou um golpe direto logo aos 3 minutos com o gol de Danjuma. Em contra-ataque rápido, o atacante recebeu um belo lançamento, conduziu e finalizou entre as pernas do goleiro Musso. 

A Atalanta tentava empatar, mas não conseguia ser efetiva. No fim do primeiro tempo, o Villarreal ampliou com o volante Capoue, que recebeu completamente livre na área e bateu forte.

Fim do primeiro tempo e os espanhóis estavam dando uma aula de como jogar uma decisão fora de casa, com um time compacto, defendendo muito bem e aproveitando as chances no ataque. 

Na volta do intervalo, Gasperini colocou Djimsiti e Malinovskyi em campo, mas logo aos seis minutos o Villarreal fez o terceiro. 

Gerard Moreno, o craque do time, recebeu na entrada da área, fez uma bela jogada para cima de Palomino e rolou para Danjum fazer um belo pivô e praticamente matar a partida. Praticamente porque, quando se trata de Atalanta, é impossível prever qualquer coisa. 

Aos 26 minutos, após pressão forte, o lateral Maehle rolou para Malinovskyi soltar a bomba de fora da área e diminuir o marcador. Aos 35, foi a vez de Zapata colocar ainda mais fogo no jogo. Após receber belo passe de Ilicic, o colombiano tocou com categoria na saída do goleiro Rulli. 

A partir daí, foi uma loucura; a Atalanta continuou com a pressão forte e teve duas boas chances para marcar, primeiro com o próprio Zapata de cabeça e depois com Muriel, que acertou um chutasso na trave.

No fim, o submarino amarelo conseguiu segurar a pressão, a vitória e a classificação. O time não vinha em boa fase na La Liga, mas virou a chavinha e fez uma partida incrível em território inóspito. O atual campeão da Europa League está classificado para a próxima fase da Champions.

Placar Final: Atalanta 1 x 3 Villarreal