Conteúdo

Em exibição com cara de WWE, Floyd Mayweather e Logan Paul fazem 8 rounds de muita expectativa e pouco boxe

7 de junho de 2021

(por Rafael Lima)
 

A super promovida luta entre Floyd Mayweather e o youtuber Logan Paul, foi um show de publicidade, organização, promoção e de tudo o que não fazia parte do boxe propriamente dito.

Dentro do ringue, Paul tentou atacar Mayweather, que como um grande lutador profissional, um dos maiores defensores da história do boxe, deu um show de esquivas e defesa, mas praticamente não atacou, como se não pudesse acelerar o passo e agredir o adversário. 

A tremenda diferença de peso e envergadura foi usada no fim para explicar a falta de golpes conectados pelo ex-campeão, porém, com a técnica refinada de Mayweather, ele poderia sim tocar muito mais o youtuber, mas para que os dois lados “curtissem o show”, o ex-boxeador optou pelo final feliz para ambas as partes. 

O saldo final foi de Mayweather e Paul ainda mais milionários (a expectativa é de que Floyd Mayweather tenha ganho US$ 100 milhões com essa exibição), amigos e “parceiros comerciais”.

Em relação a nobre arte, o combate gerou uma visibilidade para o esporte, porém, julgo que tenha sido de uma forma ruim, já que o duelo foi sem graça e pode ser definido como uma luta de WWE travestida de boxe.

A promoção contou com mais três combates, entre eles, o embate entre o ex-jogador da NFL Chad ‘OchoCinco’ Johnson e Brian Maxwell. OchoCinco tentou demonstrar algo no boxe, mas sofreu um belo knockdown, conseguindo se levantar e terminando a luta em pé. No final, o ex-astro do futebol americano declarou que tinha realizado um sonho.

Nas duas “lutas sérias” do evento, o ex-campeão meio-pesado, Badou Jack (24-3-3 14KOs), venceu por nocaute técnico o venezuelano até então invicto, Dervin Colina (15-1 13KOs), no quarto assalto, em um combate que demonstrou uma diferença técnica abissal entre os dois pugilistas. No outro duelo, os médios Luis Arias (19-2-1 9KOs) e Jarrett Hurd (24-2 16KOs) demonstraram um bom boxe, apresentando um duelo mais técnico e equilibrado do que os outros. No final, Arias tocou mais o adversário e mereceu a vitória por decisão dividida. Para quem queria ver boxe, os dois combates citados demonstraram um pouco da nobre arte.