Conteúdo

Em casa, Borussia Dortmund é humilhado pelo RB Leipzig em show de Nkunku e Laimer

2 de abril de 2022

(por Matheus Correia)

Na tarde deste sábado, o Borussia Dortmund recebeu o RB Leipzig no Signal Iduna Park em partida válida pela 28ª rodada da Bundesliga. Com uma atuação vergonhosa, a equipe de Marco Rose foi massacrada pelo time de Domenico Tedesco, que contou com atuações absurdas de Laimer e Nkunku.

O Borussia teve um excelente início, jogando com linhas altas e pegando firme na pressão. Logo nos 15 primeiros minutos, a equipe de Marco Rose criou duas boas oportunidades: a primeira em contra-ataque com Reus, que chegou na frente do goleiro Gulacsi e desperdiçou a jogada dando um passe ruim para Haaland no meio. Já a segunda surgiu de um cruzamento despretensioso de Marius Wolf – a bola atravessou a grande área e o zagueiro Simakan perdeu o tempo do cabeceio. Haaland ficou com a sobra e finalizou para fora.

O Leipzig ficou sufocado e praticamente não existiu nos 20 minutos iniciais. Até que Emre Can resolveu dar um presentão para a equipe de Domenico Tedesco. O defensor direito do Borussia dominou mal e foi desarmado por Laimer – o volante tocou para André Silva, que mandou para Nkunku. A sensação francesa deu uma enfiada excelente para Laimer, que infiltrou na grande área e deu uma cavadinha em Kobel para abrir o placar.

Taticamente, o Borussia se desfez após o gol sofrido. A equipe abdicou da pressão alta e demonstrou uma dificuldade absurda em avançar a bola após o meio de campo. Aproveitando a fragilidade dos mandantes, o RB passou a dominar o confronto ao ocupar os espaços da defesa do Dortmund.

E sem grandes surpresas, a equipe visitante marcou o segundo gol. Nkunku tentou cruzar pela direita e a bola foi desviada pela defesa. Laimer ficou com a sobra na entrada da área e finalizou contra o gol – Emre Can, de novo ele, estava no meio do caminho e tentou impedir o chute. Entretanto, o Can desviou a bola em direção ao gol e matou completamente Kobel. Um 2 a 0 improvável para quem acompanhou os 20 minutos iniciais da partida.

A má atuação do Borussia ficou cada vez mais evidente com o passar do tempo. Haaland e Reus se isolaram no ataque, enquanto o meio campo ficou praticamente inexistente. A frustração foi tamanha que no fim da primeira etapa, os atletas da casa foram recebidos com uma bela vaia dos mais de 70 mil torcedores presentes no Signal Iduna Park.

Na segunda etapa, os mandantes tentaram sair mais para o jogo, mas continuavam com grandes dificuldades em chegar ao ataque. Aos 12 minutos, o RB enterrou de vez o Borussia com uma verdadeira pintura.

Aproveitando o enorme buraco no meio-campo, Laimer arrancou em contra-ataque com facilidade e acionou Nkunku. O francês trouxe a bola para meio e tocou para Dani Olmo na entrada da área. O espanhol deu um passe curto para Laimer mais à frente – o austríaco rolou a bola para trás com uma maestria absurda nos pés de Nkunku, que pegou de primeira e estufou a rede.

Marco Rose tentou evitar uma tragédia e colocou novos jogadores em campo. Após minutos de um futebol deprimente, as mudanças acabaram dando certo – Malen, que entrou no lugar do fraquíssimo Marius Wolf, anotou de cabeça após um cruzamento de Emre Can. 

A alegria da Muralha Amarela, mesmo que mínima, durou pouquíssimo tempo. Menos de dois minutos depois, Dani Olmo marcou uma pintura após receber assistência de Nkunku. O espanhol teve todo o espaço do mundo e mandou um chutaço colocado no ângulo de Kobel. Um golaço que botou o último prego no caixão do Borussia.

Resultado: Borussia Dortmund 1 – 4 RB Leipzig

Difícil ter qualquer tipo de compaixão e extrair o mínimo de positividade por parte dos mandantes. A equipe de Marco Rose foi patética e ineficiente em todos os setores. A derrota deixa o clube a 9 pontos atrás do líder Bayern de Munique na tabela. É o momento em que já podemos dizer: a vaca deitou.

Já o Leipzig sobrou em campo. Tedesco foi certeiro em deixar a posse com a equipe adversária e focar no ataque em transição e velocidade. Vale destacar as atuações espetaculares de Nkunku (um gol e duas assistências) e Laimer (dois gols e uma assistência).

A próxima partida do Borussia será contra o Stuttgart, no dia 8. Já o Leipzig enfrenta o Hoffenheim, no dia 10.