Conteúdo

Duelo dos piores do Leste termina com vitória fácil dos Pistons na terra do Mickey

18 de março de 2022

(por Sergio Viana)
 

No duelo dos piores times da Conferência Leste na noite passada, o jogo teve equilíbrio somente no primeiro quarto. Sem a escolha número 1 do Draft deste ano, Cade Cunningham, os Pistons precisaram contar com um "career high" de Saddiq Bey para bater um combalido Magic por 134 a 120.

A escolha número 19 do Draft do ano passado, que vem com média de pouco mais de 16 pontos por jogo, teve impressionantes 51 pontos na noite passada com um aproveitamento de 63% e incríveis 10-14 em bolas de 3 pontos.

Embora tenha havido 15 trocas de liderança, do segundo quarto em diante os Pistons assumiram o comando do jogo e não correram mais riscos.

Os comandados de Dwane Casey contaram ainda com 20 pontos de Marvin Bagley III e 16 tentos de Isaiah Stewart.

Pelo lado do Magic, os irmãos Wagner combinaram para 42 pontos, 26 de Franz e 16 de Moritz, além de 17 pontos de Terrence Ross.

Confesso que somente o dever de ofício me faz ver um jogo desses nessa altura da temporada. Sem Cade e com os dois times brigando para ver quem perde mais, falta atrativo esportivo mesmo para parar pouco mais de duas horas em frente a tela.

Os dois times precisam de mais uma “pick top 4” no próximo draft e não podem querer ganhar mais jogos.

A pergunta que fica é sempre o caminho que essas equipes em reconstrução escolhem nessa etapa que se encontram, haja vista o que Sam Presti faz com suas esocolhas.

Pistons irão a Cleveland visitar os JBB’s boys no sábado, enquanto o Magic recebe o Thunder no domingo.

A conferir.