Conteúdo

Dominic Thiem afirma: "Djokovic voltará ainda mais forte em 2022"

16 de setembro de 2021

(Por Leonardo Costa)

 

A final entre Novak Djokovic e Daniil Medvedev no US Open foi uma das partidas mais assistidas dos últimos tempos. Apesar de não se tratar de um duelo entre dois membros do chamado Big-3, era o encontro projetado pelo Ranking e, principalmente, poderia ocorrer um fato histórico: o 21º título do sérvio em Grand Slam, o que lhe deixaria no topo da história. Entretanto, o russo foi implacável e venceu por triplo 6/4, trazendo para si sua primeira conquista de um torneio deste porte.

Porém, para Dominic Thiem, vencedor do US Open em 2020, a derrota de Djokovic não é um prenúncio de uma queda de rendimento do jogador, pelo contrário: "Ele voltará mais forte do que nunca em 2022", sentenciou o tenista austríaco em entrevista à rede Sports Max. 

"Depois de ter vencido Roland Garros, todo mundo falava do Golden Slam, e depois do Grand Slam. Então, ele estava sob muita pressão", disse Thiem ao referir-se ao fato de que havia a possibilidade de Djokovic vencer os quatro Grand Slam da temporada e a medalha de Ouro em Tóquio no mesmo ano, o que não aconteceu.